Fechar a cortina de novembro

Kommentare

  1. Eu estou a fechá-la muito bem, de férias com os meus rapazes a ver o mar!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      Eu estou a fechá-la com fadiga, dor no braço e até febre após a vacinação contra a gripe.

      Abraço-te, Leo, ouvindo a música de Max Richter para descontrair.

      Löschen
    2. Rogério V. Pereira11/30/2023

      Entrei no interlúdio
      e fiquei mudo
      horrorizado
      tudo se desintegrando
      por todo o lado

      e o pior
      é que tal acontecia
      com sons
      a dar-lhe harmonia

      Löschen
    3. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      Max Richter escapa a qualquer definição. Ele pode ser um mistério, mas inegavelmente é um dos artistas mais prolíficos da sua geração.

      Löschen
  2. Vou adoptar este momento musical de Max Richter para encerrar o meu Novembro.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      Gostou do encerramento musical?!
      Igualmente inspirado pelos Beatles e por Bach, pelo punk rock e pelo ambiente, Max Richter funde a beleza barroca com metodologia minimalista, orquestração clássica com tecnologia moderna.

      Löschen
    2. Max Richter tem momentos inspiradores

      Löschen
    3. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      A sua linguagem musical abrange um amplo espectro estilístico que, por um lado, processa estruturas musicais do Renascimento ao romantismo e, por outro lado, absorve os últimos desenvolvimentos da música electrónica e experimental, bem como sons da música rock. Numerosas gravações e trilhas sonoras foram criadas nos últimos anos, incluindo o álbum Recomposed: Vivaldi — The Four Seasons.

      Löschen
  3. Esses efeitos secundários são vulgares em muitas pessoas.
    Passam rápido.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O sol gélido de novembro brilha tão fortemente que os efeitos secundários quase desapareceram.

      Löschen
  4. Parabéns!!!
    Fechar com chave de ouro, assim espero!
    Permita-me comunicar: No meu BLOG HUMOR EM TEXTOS acabo de publicar um texto sobre homens, mulheres e motéis!
    Nesta época de tantas guerras e carnificinas na qual parece que estamos vivendo um verdadeiro filme de terror, destaco os hábitos ,
    mais comuns e as personalidades desse pessoal que os frequentam .
    Se conseguir arrancar de você apenas um sorriso que seja, já terei
    reforçado em mim a certeza de que só o humor recria e traz felicidade à vida.
    Um abração carioca

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      Humor é quando você ainda ri 😜 especialmente em tempos de crise.
      Abraço portuense 💙

      Löschen
  5. Mais importante que o que deixa Novembro, é o que trará Dezembro.
    Um abraço, com frio e alguma chuva.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer11/30/2023

      Mês de festa, confraternização, e presentes.
      E a visita de quatro socialistas renitentes.

      Abraço da aldeia do Düssel, onde o sol brilha e traz alegria ☀️

      Löschen
  6. Não vejo porque festejar a saída de Novembro, a bem dizer de mês nenhum, se ele não tiver nada a assinalar!!
    A dor no braço é por causa da vacina? E eu já a fazer filmes... :))
    Eu tomei as duas, uma em cada braço, e não senti reacção nenhuma. Só da Covid já é a 5ª dose!!
    As melhoras, Teresa.
    Um abraço.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não festejo o mês de novembro, fecho simplesmente a cortina.
      A médica também me queria dar uma vacina em cada braço, mas eu só concordei em tomar a vacina contra a gripe. Tomei três doses contra a covid-19 😷 e já me chega.
      Abraço-te sem dor no braço e com óptima disposição.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

Jo Nesbø: Ciúmes

Pinceladas selvagens