Posts

Es werden Posts vom März, 2011 angezeigt.

A mulher e a sua posição no mundo

Bild
Na nossa época a influência da mulher não se limita ao lar e ao círculo familiar, estende-se sim, a um domínio cada vez mais vasto — as mulheres recebem a mesma instrução que os homens — podendo ocupar os mesmos lugares nos parlamentos, nos tribunais, no jornalismo, em suma, em todas as profissões no mundo do trabalho. Em tempo algum as mulheres foram tão independentes como hoje — pelo menos no mundo ocidental. Nas correntes liberais do protestantismo, a mulher pode ser ordenada clériga, e nalgumas correntes do judaísmo a mulher pode ser ordenada rabina e cantor . Nesses grupos cristãos e judaicos a mulher adquiriu certa igualdade perante o homem, na capacidade de obter posições de poder. Lamentavelmente, ainda não acontece isso na igreja católica e no Islão. As mulheres têm tanta ou mais iniciativa e audácia na vida social, pública e política do que os homens. As mulheres têm, por natureza, mais sentido de responsabilidade, fidelidade, força moral, espírito de sacrifício e uma tre

BONECAS DE 1900

Bild
Postal de 1900 Uma senhorita exemplar serve ao pai e aos irmãos como servirá ao marido, e não faz nem diz nada sem pedir licença. Se tem dinheiro ou berço, acode à missa das sete e passa o dia aprendendo a dar ordens aos serviçais negros, cozinheiras, serventes, babás, amas-de-leite, lavadeiras, e fazendo trabalhos de agulha ou bilro. Às vezes recebe amigas, e até se atreve a recomendar algum livro ousado, sussurando: — Se você soubesse como me fez chorar... Duas vezes por semana, à tardinha, passa algumas horas escutando o noivo, sem olhá-lo e sem permitir que chegue perto, ambos sentados no sofá, frente ao olhar atento da tia. Todas as noites, antes de se deitar, reza as ave-marias do rosário e aplica na pele uma infusão de pétalas de jasmim amassadas em água de chuva à luz da lua cheia. Se o noivo a abandona, ela se transforma subitamente em tia e fica portanto condenada a vestir santos, defuntos e recém-nascidos, a vigiar noivos, a cuidar de doentes, a dar o catecismo e a suspi

A MULHER

Ó Mulher! Como és fraca e como és forte! Como sabes ser doce e desgraçada! Como sabes fingir quando em teu peito A tua alma se estorce amargurada! Quantas morrem saudosa duma imagem. Adorada que amaram doidamente! Quantas e quantas almas endoidecem Enquanto a boca rir alegremente! Quanta paixão e amor às vezes têm Sem nunca o confessarem a ninguém Doce alma de dor e sofrimento! Paixão que faria a felicidade. Dum rei; amor de sonho e de saudade, Que se esvai e que foge num lamento! Florbela Espanca

27 de março é internacionalmente comemorado como o Dia Mundial do Teatro

Bild
Uma razão mais para visitar o Museu Nacional do Teatro em Lisboa.

Esta manhã olhei para o espelho — pareço a Branca de Neve depois de ter comido a maçã!

Bild
Apesar de ainda estar fisica e emocionalmente exausta — a luta contra a doença é extremamente difícil — quero agradecer todas as mensagens carinhosas que recebi. Hoje à tarde vou ao médico — em caso de boas notícias — pretendo voltar ao ritmo normal de visitar os blogues (sinto tanta falta!), vai ser difícil, mas vou tentar.

Antes tarde do que nunca

Bild
Março — o mês do dia internacional da mulher — aproxima-se do fim. Por motivos de força maior, não me foi possível prestar homenagem a todas as mulheres que tinha em mente. Há, no entanto, duas mulheres muito especiais, a quem quero desejar muitas, muitas felicidades, muita saúde e muitos anos de vida. A minha  querida amiga Teté, do Quiproquó , que nasceu no Dia Internacional da Mulher — uma verdadeira mulher de Março e de UNHAS COM GARRA!  Mil beijinhos de parabéns, mesmo atrasados.

Após a tempestade, o bom tempo! E, entre os dois, uma pneumonia.

Bild
Tenciono voltar à blogosfera... devagarinho, muito devagarinho!