Düsseldorf: 12 Pontos!

No sábado a Europa esqueceu por algumas horas as suas preocupações.
E assim os dinamarqueses cantaram no Eurovision Song Contest sobre uma "Nova Manhã " e a palavra "barreira" não se ouviu.
E os gregos não queriam que lhes dessem dinheiro, mas apenas um troféu de vidro. O que não aconteceu.
Pois como todos sabem ganhou Azerbeijão, país junto ao Mar Cáspio, que limita a norte com a Geórgia e a Rússia, a sul com o Irão e a oeste com a Arménia.
A Europa é grande...
Foi uma festa grandiosa e Düsseldorf um fantástico anfitrião.
Todos nós ouvimos isso. 43 vezes os júris saudaram "Hello, Düsseldorf..."
A cidade ganhou: Twelve Points! Douze Points! Zwölf Punkt!
O show teve início com uma interpretação, pelos charmosos e piadéticos anfitriões Stefan Raab, Anke Engelke e Judith Rakers, e a própria Lena, da canção vencedora em 2010, Satellite.
O número foi acompanhado por um show espetacular de laser e fogos de artifício, dando início à maratona de três horas de programa sem comerciais, transmitido ao vivo para a Europa e Israel.
A emissora anfitriã ARD não economizou na iluminação de palco e em efeitos especiais. A performance do candidato francês, Amaury Vassilli, por exemplo, foi enriquecida com um cenário de pôr do sol extremamente realista com nuvens em movimento.
Lena Meyer-Landrut, cantou Taken by a stranger com dançarinas vestidas em cor prata num cenário metálico iluminado por fortes luzes brancas.
Cenários impressionantes e efeitos luminosos enriqueceram cada uma das apresentações. Os espectadores ficaram maravilhados com a perfeitíssima tecnologia.
A candidata alemã ficou em 10º lugar, críticos acreditam que a sua tranformação de "Sweet Lena" em "Dark Lady" não agradou aos fãs.
Azerbaijão vence o Festival Eurovisão da Canção 2011 na Esprit Arena de Düsseldorf. Os intérpretes Ell e Nikki conquistaram os votos europeus com a canção "Running Scared".
O próximo festival será no dia 26 de Maio de 2012 em Baku.

Kommentare

  1. Não vi o festival, como sabes, só a primeira semifinal. E tenho a dizer que o que mais gostei nem sequer foi da música, mas sim da espectacular iluminação e respectivos cenários. Aí sim, a merecerem a nota máxima!

    Beijocas!

    AntwortenLöschen
  2. Pois bem, Teté, nós só tivemos a ver com a espectacular iluminação e respectivos cenários, as músicas eram da responsabilidade dos candidatos.
    Claro que, a final ainda foi muito mais espectacular. Tanto o público como os candidatos ficaram encantados com o fantástico show.
    Mesmo as músicas eram muito melhores do que as dos anos anteriores à Lena.
    Os meus amigos alemães acham-me
    louca, pois adorei que o festival fosse em Düsseldorf, e não, em Berlim ou na cidade proibida.
    E cá da nossa família, fui eu a única a levar a bandeira alemã para a festa.
    É como diz o meu "Kraut": eu sou mais alemã do que o Papa.

    AntwortenLöschen
  3. Não vi nada!:
    Longe vão os tempos em que o não perdia o Festival da Canção.
    É giro perceber que ainda há situações que fazem animar os ânimos.
    bji:)

    AntwortenLöschen
  4. (Eu bem me parecia que tinha visto por lá uma bandeira alemã...)

    ;)

    AntwortenLöschen
  5. Concordo com os 12 pontos para Dusseldorf :-)
    Infelizmente os artistas não foram assim tão bons, mas acho que são o fruto dos tempos...

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen