A Modista || The Dressmaker



Esta noite voltei a casa mais cedo para ver a comédia dramática australiana A Modista“ || „The Dressmaker“ de 2015 realizada por Jocelyn Moorhouse e escrita por P. J. Hogan, baseada no romance homónimo de Rosalie Ham. Estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto em 14 de setembro de 2015 e é protagonizada por Kate Winslet.  
Na década de 1950, na Austrália, a talentosa modista Myrtle "Tilly" Dunnage regressa à sua cidade natal para se reconciliar com a mãe e com o intuito de se vingar daqueles que lhe destruíram a vida, equipada com o estilo, técnica e máquina de costura que adquiriu enquanto modista de várias casas
de alta-costura em França e Itália.
A vingança de Myrtle "Tilly" Dunnage lembra-me ligeiramente a vingança de Claire Zachanassian na COMÉDIA TRÁGICA DE FRIEDRICH DÜRREMATT “A VISITA DA VELHA SENHORA”.
Enquanto que a vingança de Myrtle “Tilly” Dunnage é glacial, a vingança de Claire Zachanassian é mortal.
Para Friedrich Wilhelm Nietzsche
“Na vingança e no amor a mulher é mais bárbara do que o homem”                

Aproveito a oportunidade para anunciar a minha ausência no último fim-de-semana de Junho.
Viajo até Bergisch Gladbacher para participar num simpósio sobre a obra de 
FRIEDRICH DÜRREMATT, o suíço nasceu em 3 de Janeiro de 1921, sendo 2021 o ano do seu centenário.

Kommentare

  1. Decerto que é uma comédia divertida de se assistir. Que tudo corra bem nesse último fim de semana de Junho. Boa viagem. Boa estada por lá.
    .
    Feliz fim de semana
    Beijinho deste teu amigo ainda que virtual.

    .

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Este filme não é uma comédia divertida, é sim, a história de uma vingança fria como a morte. Continuo moralmente e intelectualmente forte na minha descrença e, espero encontrar a minha força física até ao fim do mês para não perder a oportunidade desta pequena viagem.

      Löschen
  2. A minha mãe tinha uma Singer mas foi sempre de paz!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Porque a tua mãe não foi obrigada a abandonar a sua terra, ainda muito jovem, devido a falsas acusações de assassinato. Tilly decide transformar a visão dos habitantes da cidade mostrando, às pessoas que tanto mal lhe fizeram, que a vingança é doce e sabe ainda melhor se for servida fria…

      Löschen
  3. É um filme que ainda tenho em lista de espera!

    Que corra tudo pelo melhor no simpósio :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Confesso que não tinha vindo a correr para casa para ver este filme, se o tema não fosse o mesmo da peça de Friedrich Dürrenmatt. Receei um “happy end”, quando um antigo colega escolar aparece em cena. Mas não, o filme termina com um fantástico fogo de artifício. Neste caso, a vingança foi servida quente, muito quente.

      Conheço bem a obra do escritor suíço, porque é leitura obrigatória nos liceus, por isso, o simpósio vai ser canja.

      Löschen
  4. Vi este filme há já alguns anos, gosto da Kate Winslet, embora ache, que este não foi o seu melhor desempenho. A vingança, é tramada ! :)

    Bom fim de semana !

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha vida tem sido um rio tranquilo e, nenhum acontecimento negativo perturbou a minha vida para eu me querer vingar. Enquanto que, tanto a Tilly como a Clara, tiveram razões mais do que suficientes para servirem uma vingança brutal.

      Retribuo os desejos de bom fim-de-semana 🌻

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog