Névoa ou esclarecimento?


Não tencionava publicar esta imagem que o Henriquamigo me enviou por e-mail.
Mudei de ideias ao ler uma publicação do Pedro Coimbra.


O Papa Francisco prometeu que a Igreja Católica "não se cansará de fazer todo o necessário para levar à Justiça qualquer um" que tenha cometido abusos sexuais, e "jamais tentará acobertar ou minimizar nenhum caso".
Encenação ou marco de mudanças no Vaticano?
Eu digo encenação!!!
A crise dos abusos em dependências católicas é um problema global. O que começou com revelações e denúncias na Irlanda, nos Estados Unidos e na Alemanha ganhou em proporção — também porque, num dos momentos mais sombrios do seu pontificado, Francisco ignorou as alegações de abuso contra membros da Igreja no Chile, o que ofuscou a sua visita ao país andino no início de 2018.

Kommentare

  1. Os Padres deviam ter uma vida "intima e familiar" como como todas têm...
    Digo eu, que não percebo nada...:))

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Realmente o celibato não faz sentido. Embora, o casamento não impeça a pedofilia. Há tantos casos de pedofilia cometidos por pastores casados.

      Para já gozo o dia primaveril no jardim.

      Löschen
  2. O senhor Papa está a tempo de emendar o erro. Julgo que um dos erros da igreja católica foi o de aceitar qualquer pessoa como elemento. A crise de vocações terá também levado a este exagero. E também a exigência de não haver casamento nos membros da igreja. O que sobra é muito carácter vicioso e aproveitamentos ignóbeis e obscenos que se exercem sobre quem não pode nem sabe defender-se e por parte daqueles de quem não se espera, que deviam ser exemplares. É podre demais.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Chega de hipocrisia!!!
      Uma igreja que trata homossexualidade como "antinatural" e ao mesmo tempo serve como refúgio institucional para um clero pedófilo, é absolutamente CRUEL!!!

      Löschen
    2. Não vejo porque o casamento dos sacerdotes iria diminuir a pedofilia entre o clero. A maior parte das relações pedófilas dão-se com pessoas do mesmo sexo. Ora, pela lógica de que o casamento diminuiria a pedofilia, então os padres também teriam que se casar com pessoas do mesmo sexo.

      Löschen
    3. Não sou contra o casamento de pessoas do mesmo sexo, mesmo dentro da igreja católica. Sou sim, contra os abusos sexuais a menores que a igreja católica encobriu durante anos. Agora pede desculpa e segue em frente. Hipocrisia pura!!!

      Löschen
    4. Claro está, que não se pode confundir ervas daninhas com a floresta. Só que essa floresta sempre foi escura, tenebrosa, obscena.

      Löschen
    5. As ervas daninhas são...algumas ações escandalosas e imorais, que vão contra a doutrina católica, praticadas por certos membros e clérigos católicos (ex: abuso sexual de menores por membros da Igreja Católica).
      Depois, também se pode criticar tudo que sirva de obstáculo para a libertação, progresso e realização do Homem, como por exemplo, o celibato, a ética católica sobre o casamento (que condena o divórcio), sobre a Vida (que condena o aborto, as pesquisas científicas que matam embriões humanos, a eutanásia e os contraceptivos artificiais) e sobre a sexualidade (que condena o sexo pré-marital, a homossexualidade e o uso de preservativos). São tudo questões ético-morais que geram polémica e muita controvérsia.

      A floresta é...a actividade evangélica, missionária e a obra social da Igreja em todo o mundo que compreende no campo da instrução e da educação 73.263 creches frequentadas por 6.963.669 alunos; 96.822 escolas primárias para 32.254.204 alunos; 45.699 Institutos secundários para 19.407.417 alunos, no campo da beneficência e assistência 5.034 hospitais com as presenças maiores na América e África; 16.627 dispensários, na maior parte na África, América e Ásia;
      611 leprosários distribuídos principalmente na Ásia e África; 15.518 casas para idosos, doentes crónicos e deficientes, na maior parte na Europa e América; 9.770 orfanatos na maior parte na Ásia; 12.082 jardins de infância com maior número na Ásia e América; 14.391 consultórios matrimoniais, na maior parte na América e Europa; 3.896 centros de educação e reeducação social.

      Löschen
  3. Eu acho que não é apenas encenação. No Vaticano há muito poder para além do poder do Papa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O Estado da Cidade do Vaticano é um Estado rico e corrupto. Todo o dinheiro recolhido fica para os cardeais em vez de ir para os pobres. Os crimes sexuais não são os únicos crimes da igreja católica. Lê o livro de Emiliano Fittipaldi.

      Löschen
  4. Fui ver se a rede de bibliotecas tinha alguns livros dele. Não tem.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Em Novembro de 2015 apareceu o livro AVARIZIA de Emiliano Fittipaldi, que encerrava documentos secretos do Estado da Cidade do Vaticano. O jornalista tinha recebido esses documentos de alguém dentro do Vaticano. Não sei se, entretanto, o livro foi proíbido. Investiga na NET.

      Löschen
  5. Eu penso que o casamento poderia reduzir a pedofilia, na igreja católica e aos seus sacerdotes. No entanto, ela tem muito a ver com a formação moral da pessoa. E quando essa formação moral não existe, seja pastor, ou seja o comum dos cidadãos, esse ser humano poderá ser potencialmente um pedófilo!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A maioria dos pedófilos são casados, Ricardo!!!
      O celibato sacerdotal não tem nada a ver com os crimes sexuais a menores, que são 80% rapazes, dos eclesiásticos católicos.

      Löschen
    2. Não faço assim tanta diferença entre as situações. Tudo o que seja abuso, crime... para mim são tudo problemas de falta de moral e alguns mentais !!!

      Löschen
    3. O silêncio da igreja católica durante anos é que é o verdadeiro escândalo.
      O cardeal australiano George Pell, chefe das finanças do Vaticano e que já foi um importante conselheiro do Papa Francisco, SÓ AGORA é que foi declarado culpado pela justiça da Austrália em cinco acusações de abuso sexual contra menores.

      Löschen
  6. Quero acreditar que pode ser uma mudança! Porque é necessária e crucial. E porque a Igreja, com todo este poder, deveria usá-lo para erradicar todas estas manifestações desumanas.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também eu queria acreditar numa mudança mas, NÃO ACREDITO!!!
      Sem medidas concretas, os problemas persistem e se agravam.
      É difícel aguentar toda a hipocrisia da igreja católica; assim como a conversa fiada do Papa Francisco.

      Löschen
  7. Onde é que eu assino o comentário da Catarina?
    Também acredito, e quero acreditar, que Francisco é genuíno.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A Catarina acredita no poder do Vaticano.
      Vacila perante o livro de Emiliano Fittipaldi, que procura de imediato na rede de bibliotecas.

      Löschen
    2. Interpretaste mal, Teresa.
      O que eu quis dizer é que, primeiro, o Papa quis/quer de facto remodelar o Vaticano. Acredito nas suas boas intenções e já tem feito alterações significativas. Há uma hierarquia pela qual se regem. O Papa não é detentor do poder absoluto.
      Segundo, o meu interesse pelo livro de Fittipaldi não reflete nenhuma vacilação da minha parte. Vacilação sobre quê? Pensar que o Vaticano é um mundo de perfeição e honestidade e ficar chocada com o que Fittipaldi revela? Não. : ))

      Löschen
    3. Não sei se foi uma má interpretação minha, Catarina, ou o desejo que todo mundo veja o Estado da Cidade do Vaticano e o seu chefe como eu, assim como o jornalista italiano: um ninho de perversidade e corrupção.

      Prometo não voltar aqui com temas controversos.

      Löschen
    4. Teresa, os temas que causam controvérsia são muito interessantes!!
      Não desistas!
      : )

      Löschen
  8. Uma coisa eu digo...Ninguém se entende! :(

    Bjocas

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Evito escrever aqui sobre política, religião e futebol.

      Beijinho de um DÜSSELDORF primaveril 🌻

      Löschen
  9. Para mim, casamento e pedofilia são destintos, não podem ser comparados ponto. Sou a favor do casamento "dentro da igreja", a igreja é que não o é, nem será. Por outro lada concordo, o Papa não tem assim tanto poder e este já começa a ser incomodo qb para o interior da igreja.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Cristãos do mundo inteiro viram no Papa Francisco uma figura de esperança. Seis anos depois vêem que as expectativas e esperanças eram maiores do que as mudanças efectivamente realizadas.

      Löschen
  10. Dieser Kommentar wurde vom Autor entfernt.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. No século XXI não precisamos de clamar que a homossexualidade é natural, mesmo no reino animal, enquanto que a pedofilia é um crime. Quem pensa doutra maneira, vive na Idade Média.

      Löschen
  11. Queria responder-te e não sei o que aconteceu ao meu comentário, se o encontrares, reescreve-o, por favor! :)
    Só queria dizer que em Portugal ainda há gente a viver na Idade Média!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não encontrei o teu comentário, nem sei onde o procurar.

      Infelizmente não é só em Portugal que há ainda gente que vive na Idade Média. Até na sociedade moderna alemã vivem ainda alemães com raízes árabes que continuam na Idade da Pedra.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen