Névoa ou esclarecimento?


Não tencionava publicar esta imagem que o Henriquamigo me enviou por e-mail.
Mudei de ideias ao ler uma publicação do Pedro Coimbra.


O Papa Francisco prometeu que a Igreja Católica "não se cansará de fazer todo o necessário para levar à Justiça qualquer um" que tenha cometido abusos sexuais, e "jamais tentará acobertar ou minimizar nenhum caso".
Encenação ou marco de mudanças no Vaticano?
Eu digo encenação!!!
A crise dos abusos em dependências católicas é um problema global. O que começou com revelações e denúncias na Irlanda, nos Estados Unidos e na Alemanha ganhou em proporção — também porque, num dos momentos mais sombrios do seu pontificado, Francisco ignorou as alegações de abuso contra membros da Igreja no Chile, o que ofuscou a sua visita ao país andino no início de 2018.

Kommentare

  1. Os Padres deviam ter uma vida "intima e familiar" como como todas têm...
    Digo eu, que não percebo nada...:))

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Realmente o celibato não faz sentido. Embora, o casamento não impeça a pedofilia. Há tantos casos de pedofilia cometidos por pastores casados.

      Para já gozo o dia primaveril no jardim.

      Löschen
  2. O senhor Papa está a tempo de emendar o erro. Julgo que um dos erros da igreja católica foi o de aceitar qualquer pessoa como elemento. A crise de vocações terá também levado a este exagero. E também a exigência de não haver casamento nos membros da igreja. O que sobra é muito carácter vicioso e aproveitamentos ignóbeis e obscenos que se exercem sobre quem não pode nem sabe defender-se e por parte daqueles de quem não se espera, que deviam ser exemplares. É podre demais.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Chega de hipocrisia!!!
      Uma igreja que trata homossexualidade como "antinatural" e ao mesmo tempo serve como refúgio institucional para um clero pedófilo, é absolutamente CRUEL!!!

      Löschen
    2. Obrigada, Ulisses!!!

      Löschen
    3. Não vejo porque o casamento dos sacerdotes iria diminuir a pedofilia entre o clero. A maior parte das relações pedófilas dão-se com pessoas do mesmo sexo. Ora, pela lógica de que o casamento diminuiria a pedofilia, então os padres também teriam que se casar com pessoas do mesmo sexo.

      Löschen
    4. Não sou contra o casamento de pessoas do mesmo sexo, mesmo dentro da igreja católica. Sou sim, contra os abusos sexuais a menores que a igreja católica encobriu durante anos. Agora pede desculpa e segue em frente. Hipocrisia pura!!!

      Löschen
    5. Claro está, que não se pode confundir ervas daninhas com a floresta. Só que essa floresta sempre foi escura, tenebrosa, obscena.

      Löschen
    6. As ervas daninhas são...algumas ações escandalosas e imorais, que vão contra a doutrina católica, praticadas por certos membros e clérigos católicos (ex: abuso sexual de menores por membros da Igreja Católica).
      Depois, também se pode criticar tudo que sirva de obstáculo para a libertação, progresso e realização do Homem, como por exemplo, o celibato, a ética católica sobre o casamento (que condena o divórcio), sobre a Vida (que condena o aborto, as pesquisas científicas que matam embriões humanos, a eutanásia e os contraceptivos artificiais) e sobre a sexualidade (que condena o sexo pré-marital, a homossexualidade e o uso de preservativos). São tudo questões ético-morais que geram polémica e muita controvérsia.

      A floresta é...a actividade evangélica, missionária e a obra social da Igreja em todo o mundo que compreende no campo da instrução e da educação 73.263 creches frequentadas por 6.963.669 alunos; 96.822 escolas primárias para 32.254.204 alunos; 45.699 Institutos secundários para 19.407.417 alunos, no campo da beneficência e assistência 5.034 hospitais com as presenças maiores na América e África; 16.627 dispensários, na maior parte na África, América e Ásia;
      611 leprosários distribuídos principalmente na Ásia e África; 15.518 casas para idosos, doentes crónicos e deficientes, na maior parte na Europa e América; 9.770 orfanatos na maior parte na Ásia; 12.082 jardins de infância com maior número na Ásia e América; 14.391 consultórios matrimoniais, na maior parte na América e Europa; 3.896 centros de educação e reeducação social.

      Löschen
  3. Eu acho que não é apenas encenação. No Vaticano há muito poder para além do poder do Papa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O Estado da Cidade do Vaticano é um Estado rico e corrupto. Todo o dinheiro recolhido fica para os cardeais em vez de ir para os pobres. Os crimes sexuais não são os únicos crimes da igreja católica. Lê o livro de Emiliano Fittipaldi.

      Löschen
  4. Fui ver se a rede de bibliotecas tinha alguns livros dele. Não tem.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Em Novembro de 2015 apareceu o livro AVARIZIA de Emiliano Fittipaldi, que encerrava documentos secretos do Estado da Cidade do Vaticano. O jornalista tinha recebido esses documentos de alguém dentro do Vaticano. Não sei se, entretanto, o livro foi proíbido. Investiga na NET.

      Löschen
  5. Eu penso que o casamento poderia reduzir a pedofilia, na igreja católica e aos seus sacerdotes. No entanto, ela tem muito a ver com a formação moral da pessoa. E quando essa formação moral não existe, seja pastor, ou seja o comum dos cidadãos, esse ser humano poderá ser potencialmente um pedófilo!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A maioria dos pedófilos são casados, Ricardo!!!
      O celibato sacerdotal não tem nada a ver com os crimes sexuais a menores, que são 80% rapazes, dos eclesiásticos católicos.

      Löschen
    2. Não faço assim tanta diferença entre as situações. Tudo o que seja abuso, crime... para mim são tudo problemas de falta de moral e alguns mentais !!!

      Löschen
    3. O silêncio da igreja católica durante anos é que é o verdadeiro escândalo.
      O cardeal australiano George Pell, chefe das finanças do Vaticano e que já foi um importante conselheiro do Papa Francisco, SÓ AGORA é que foi declarado culpado pela justiça da Austrália em cinco acusações de abuso sexual contra menores.

      Löschen
  6. Quero acreditar que pode ser uma mudança! Porque é necessária e crucial. E porque a Igreja, com todo este poder, deveria usá-lo para erradicar todas estas manifestações desumanas.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também eu queria acreditar numa mudança mas, NÃO ACREDITO!!!
      Sem medidas concretas, os problemas persistem e se agravam.
      É difícel aguentar toda a hipocrisia da igreja católica; assim como a conversa fiada do Papa Francisco.

      Löschen
  7. Onde é que eu assino o comentário da Catarina?
    Também acredito, e quero acreditar, que Francisco é genuíno.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A Catarina acredita no poder do Vaticano.
      Vacila perante o livro de Emiliano Fittipaldi, que procura de imediato na rede de bibliotecas.

      Löschen
    2. Interpretaste mal, Teresa.
      O que eu quis dizer é que, primeiro, o Papa quis/quer de facto remodelar o Vaticano. Acredito nas suas boas intenções e já tem feito alterações significativas. Há uma hierarquia pela qual se regem. O Papa não é detentor do poder absoluto.
      Segundo, o meu interesse pelo livro de Fittipaldi não reflete nenhuma vacilação da minha parte. Vacilação sobre quê? Pensar que o Vaticano é um mundo de perfeição e honestidade e ficar chocada com o que Fittipaldi revela? Não. : ))

      Löschen
    3. Não sei se foi uma má interpretação minha, Catarina, ou o desejo que todo mundo veja o Estado da Cidade do Vaticano e o seu chefe como eu, assim como o jornalista italiano: um ninho de perversidade e corrupção.

      Prometo não voltar aqui com temas controversos.

      Löschen
    4. Teresa, os temas que causam controvérsia são muito interessantes!!
      Não desistas!
      : )

      Löschen
    5. Muito obrigada, Catarina!!!

      Löschen
  8. Uma coisa eu digo...Ninguém se entende! :(

    Bjocas

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Evito escrever aqui sobre política, religião e futebol.

      Beijinho de um DÜSSELDORF primaveril 🌻

      Löschen
  9. Para mim, casamento e pedofilia são destintos, não podem ser comparados ponto. Sou a favor do casamento "dentro da igreja", a igreja é que não o é, nem será. Por outro lada concordo, o Papa não tem assim tanto poder e este já começa a ser incomodo qb para o interior da igreja.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Cristãos do mundo inteiro viram no Papa Francisco uma figura de esperança. Seis anos depois vêem que as expectativas e esperanças eram maiores do que as mudanças efectivamente realizadas.

      Löschen
  10. Dieser Kommentar wurde vom Autor entfernt.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. No século XXI não precisamos de clamar que a homossexualidade é natural, mesmo no reino animal, enquanto que a pedofilia é um crime. Quem pensa doutra maneira, vive na Idade Média.

      Löschen
  11. Queria responder-te e não sei o que aconteceu ao meu comentário, se o encontrares, reescreve-o, por favor! :)
    Só queria dizer que em Portugal ainda há gente a viver na Idade Média!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não encontrei o teu comentário, nem sei onde o procurar.

      Infelizmente não é só em Portugal que há ainda gente que vive na Idade Média. Até na sociedade moderna alemã vivem ainda alemães com raízes árabes que continuam na Idade da Pedra.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

O que ando a ler?