Celebridades


Celebridades — filme a preto e branco de 1998 feito para autênticas vedetas que troçam alegremente de si-próprias não representa para os critícos o melhor da obra do realizador americano, para mim é o Woody Allen de sempre com o seu humor sofisticado e inteligente. 
Kenneth Branagh — mais Woody que Woody — interpreta o papel de Lee Simon, um jornalista que tem a ambição de escrever um livro, um grande livro que seja uma reportagem critíca sobre a sociedade actual.
Ao abandonar a sua mulher (Judy Davis) seduzido por uma jovem, Lee Simon leva em Nova Iorque uma vida errática no meio das celebridades, onde encontra uma quantidade de estrelas e estrelinhas, fazendo sexo com a actriz que entrevista (Melanie Griffith), perdido de amores por uma garota que não resiste a ir para a cama com qualquer homem que cruze o seu caminho (Winona Ryder) e por aí adiante. O encontro de Lee Simom com a super-modelo (Charlize Theron) é imperdível.
Num pequeno papel, vemos o Leonardo Di Caprio como Brandon Darrow, um actor afogado em drogas e mulheres.
O filme começa e termina com um pedido de socorro escrito no céu, ao som da 5° SINFONIA de Ludwig Van Beethoven — e a cara de quem sonhou com a celebridade e não a alcançou — Lee Simon.

Afinal, é bom ser famoso? 

Kommentare

  1. Vir aqui ao cinema e não levar com as mastigadelas ruidosas das picocas, é um privilégio!

    Sim, ser famoso dá gozo, sobretudo quando não nos passam cartão!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Nas salas de cinema que frequento, não se comem pipocas.

      No mundo actual, cada vez mais pessoas estão dispostas a tudo para sair do anonimato.

      Löschen
  2. Não vi o filme :(
    E não tenho grande apetência para famas.
    Pelo contrário, sou até algo tímido.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A primeira vez que vi este filme considerei-o amargo como o fel, ontem à noite já o achei divertido.

      A celebridade é uma faca de dois gumes: ao mesmo tempo que oprime, incomoda, ela também permite ao artista expressar-se, às pessoas em geral realizarem os seus sonhos, mesmo que só seja os de consumo.

      Löschen
  3. Não conheço nem o filme nem a fama! :)

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não conheço fama, mas TODOS os filmes de Woody Allen!

      Löschen
  4. Não sei se é bom ser famoso, mas eu não gostaria de ser. Quanto ao filme, não vi!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Este filme quase passou despercebido, embora que discutir o culto das celebridades na sociedade actual seja um tema interessante.

      Löschen
  5. Nem tinha ouvido falar nesse filme. Mas eu agora ando tão parva que nem me apetece ir ao cinema, imagine-se!

    Ser famoso, não sei, mas ser (re)conhecido é um bocado bom...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Woody Allen disse que teve a idéia para este filme depois do escândalo Bill Clinton~Monica Lewinsky. É inconcebível, que uma pessoa adquira tal notoriedade por ter feito sexo oral com o presidente dos EUA.

      Famosa por ter ganho o Prémio Nobel de Fisíca, sim!
      Famosa por ter feito sexo com um presidente, não!

      Löschen

Kommentar veröffentlichen