"La vie d'Adèle" ganha Palma de Ouro

 
A história de amor entre duas jovens mulheres — "La vie d'Adèle", realizado pelo cineasta franco-tunisiano Abdellatif Kechiche — conquista a cobiçada Palma de Ouro, o maior prémio do Festival de Cannes.
O filme, com aproximadamente três horas, o mais longo na competição para a Palma de Ouro, conta com as actrizes Léa Seydoux e Adèle Exarchopoulos nos papéis principais.

O Grande Prémio do Júri foi para outro favorito, "Inside Llewin Davis", dos irmãos Ethan e Joel Cohen.
O prémio da melhor actriz foi para a francesa Bérénice Bejo pela sua actuação no filme "Le Passé", drama do realizador iraniano Asghar Farhadi. 
O norte-americano Bruce Dern ganha o prémio do melhor actor do festival, pelo seu papel em "Nebraska" filme realizado por Alexander Payne.

Kommentare

  1. Quando tanto de discute a problemática do casamento gay.....
    Boa semana!!

    AntwortenLöschen
  2. Esperemos que chegue cá depressa!

    Abraço

    AntwortenLöschen
  3. É o que está a dar: casos de homossexualidade. Deve ser para tentar convencer os opositores. e será que convencem?

    AntwortenLöschen
  4. Este ano assisti de longe, mas segundo o que li, foram muitas as surpresas em Cannes. Com excepção da Palma de Ouro, claro, que a imprensa anunciou como sendo para Adèle, desde o dia em que foi exibido.

    AntwortenLöschen
  5. tenho acompanhado as matérias em um jornal por aqui. o bom é q muitos desses filmes são exibidos posteriormente em um canal da tv a cabo, já que raramente chegam aos cinemas. beijos, pedrita

    AntwortenLöschen
  6. Bom, este ano estive a leste do festival de Cannes, obrigada por me elucidares! :)

    Quanto aos filmes, vamos ver se passam por cá!

    Beijocas!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen