COLÓQUIO | Letras n° 200 é dedicado a Jorge de Sena


Colóquio é a designação comum a um conjunto de revistas, publicadas pela Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, desde Janeiro de 1959, dedicadas a diversas áreas do conhecimento: artes, letras, ciências, educação e sociedade.
Colóquio/Letras resultou (tal como a Colóquio/Artes), da cisão da Colóquio — Revista de de Artes e Letras; o 1º número saíu em Março de 1971.
A celebração do centenário do nascimento de Jorge de Sena coincide com a publicação do número 200 da Colóquio/Letras. A revista literária publica três cartas inéditas de Jorge de Sena enviadas ao poeta algarvio Gastão Cruz, que conheceu na sequência de uma palestra que deu no salão da Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, em Janeiro de 1969.

Kommentare

  1. Bom dia alegria...
    As coisas que eu não sei...Ai minha santa ignorância. Gostei de a ler. Obrigada:))


    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda - Feira

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não há santas ignorâncias, Larissa!!!
      Tu sabes a solução do desafio apresentado pelo Rui, enquanto, que eu me interesso por artes, letras, ciências. Cada um de nós tem conhecimentos diferentes.

      Um beijo 😘 de um DÜSSELDORF com temperaturas negativas e um sol radiante:-*

      Löschen
  2. O centenário do nascimento de Sophia de Mello está a ser muito divulgado mas o de Jorge de Sena nem por isso.
    Ainda bem que o Colóquio/Letras o está a assinalar!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. COLÓQUIO | Letras não podia deixar de assinalar o centenário de Jorge de Sena, nome grande da cultura portuguesa.

      Abraço 🌹

      Löschen
  3. Um belo cruzamento de datas e celebrações!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Celebrar quando alguém brilha mais forte como é o caso do poeta, ficcionista e dramaturgo JORGE de SENA.

      Löschen
  4. É uma revista de que gosto e que compro por vezes; tem bons artigos, mas alguns são demasiado académicos.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não acredito que COLÓQUIO | Letras seja uma revista demasiado académica para uma antiga professora, embora alguns artigos sejam mais tediosos do que outros.

      Löschen
  5. As cartas de Jorge de Sena...
    Sena está traduzido em alemão?
    Caso não, não tenho pena
    Pois Sophia também não

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A correspondência entre o Jorge de Sena e a Sophi de Mello Breyner Andresen não está traduzida em alemão. Entretanto, soube que alguns poemas dela estão traduzidos na língua alemã. Logo que tenha mais tempo, vou à minha antiga universidade, investigar.

      Löschen
  6. Antworten
    1. Aqui, também não é distribuída, portanto, guardo os exemplares que compro em Portugal como uma relíquia.

      Löschen
  7. ematejoca

    Adoro tudo o que escreves. tenho que reconhecer que és, para mim, um belo enigma que eu gostava de decifrar. Quem sabe se um dia não te encontro entre as páginas de um livro de um Colóquio qualquer. Quem sabe...

    Fica feliz.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Yey Gil, já tinha tantas saudades tuas 💓
      Pensei que, entretanto, tenhas apanhado alguma indigestão com os cozinhados da tua *cozinheira*.
      Essa de eu escrever bem na língua portuguesa, é mais uma das tuas gentilezas.
      Já pensaste num encontro numa Casa de Fados em Lisboa?
      Também já pensaste que esta noite somos rivais?
      Beijinho 😘 de uma mulher absolutamente feliz.

      Löschen
  8. Pelos vistos hoje iniciam-se as comemorações do seu centenário, ouvi ontem na TV!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um dos acontecimentos mais importantes deste ano na Alemanha é o centenário da Bauhaus.

      Abraço 🌹

      Löschen
  9. Por acaso nunca li nenhuma :)
    +já sigo o blog
    https://inspiratetodososdia.blogspot.com/

    AntwortenLöschen
  10. ematejoca

    Encontro numa casa de fados de Lisboa. Seria divino. O antes não sei, os entretantos seriam maravilhosos - embora eu só cante bem o fado depois de uns drinks - , o depois...cala-te Gil, lol

    Na verdade somos rivais esta noite. Prometo voltar aqui depois do jogo. Espero que, seja para te desejar uma boa noite em que, a tua tristeza será a tua companhia, lol. ( de qualquer forma vou aparecer. Não me escondo.

    Gostei dessa do seres uma mulher absolutamente feliz.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quem é a tua companhia na tua tristeza, Gil?
      O FCPORTO está quase a ganhar o jogo.

      Löschen
  11. Olá Té. Desculpa que não tenho passado por aqui, com a frequência que gostaria.
    Sabes que eu sempre nutri por este escritor um sentimento de Admiração/repulsa ?...
    E isso por causa disto , de que cheguei a fazer 3 posts :

    https://coisas-da-fonte.blogspot.com/search?q=Jorge+de+Sena

    Todas as minhas impressões e justificações estão expressas nos textos !

    Beijinhos (do contra) :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Eu sei da tua antipatia pelo Jorge de Sena. E ainda me lembra da nossa conversa sobre o assunto. Ele amava PORTUGAL como tu ou como eu. Tinha ressentimentos profundos, porque foi muito mal recebido quando quis regressar.

      Este ano, festejamos também o centenário de uma das nossas melhores poetisas, no entanto, também ela não era anjo nenhum. Já leste a correspondência entre o Jorge e a Sophia? Vale a pena ler!

      Beijinhos a favor da literatura portuguesa:-*

      Löschen
  12. Nós aqui celebramos este mês (dia 25) o grande poeta escocês Robert Burns (1759-1796).

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Como já te disse uma outra vez, Catarina, eu sou uma grande admiradora da poesia do poeta escocês.

      Nós aqui celebramos o centenário da Bauhaus.

      Os nossos vizinhos holandeses o 350° aniversário de Rembrandt.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen