O terceiro lugar é a grande incógnita da eleição alemã

  
Faltam três semanas para as eleições, a chanceler federal, Angela Merkel, e o seu rival social-democrata Martin Schulz enfrentaram-se ontem à noite, domingo (03/09) no primeiro 
— e único — debate televisivo desta campanha. 
O debate desta noite é disputado entre a União Social Cristã da Bavária (CSU), A Esquerda, Os Verdes, o Partido Liberal (FDP) e a Alternativa para a Alemanha (AfD), de extrema-direita.

Kommentare

  1. Espero que a extrema direita leve pancada.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A AfD, que tem membros acusados de racismo,
      é descartada como parceira da coligação por todos
      os outros partidos.

      Löschen
  2. Ouvi parte do frente a frente Merkel/Schulz.
    Ambos firmes mas cautelosos, como se aconselha nestas situações.
    Extrema direita? Há que abatê-la quanto antes.

    Beijinho, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A AfD não tem a força da extrema-direita francesa,
      no entanto, todos os outros partidos alemães estão
      absolutamente unidos para abatê-la.

      Angela MERKEL 👼 e o socialista, Martin Schulz,
      têm os mesmos valores políticos e sociais, daí eu
      ver a possibilidade de uma coligação, o que não é
      saudável para a democracia alemã.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen