Jogos Olímpicos do Rio 2016


 A mim encantou-me e ao comentador alemão a cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos do 
Rio 2016.
Olimpíada começa como um sonho.
A bossa nova, o samba e as vozes das favelas deram alívio à dor e ao sofrimento e fizeram esquecer os problemas para a preparação dos Jogos.
Gisele Bündchen desfilou ao som de Garota de Ipanema.
O entusiasmo do público era evidente mesmo depois de quatro horas de cerimónia, que se converteu em vaias quando o extremamente impopular e controverso presidente interino, Michel Temer, anunciou 
a abertura dos Jogos. 
Lamento que o meu amigo Carlos, assim como as personagens que levaram os Jogos para o Rio — Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, Sérgio Cabral e João Havelange — tenham ficado longe das Olimpídas.

Kommentare

  1. O Rio, se fosse hoje não teria sido escolhido...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Acredito.

      Embora a festa de abertura colorida e alegre dos Jogos não traduza realidade brasileira, marcada pela crise política e o desrespeito ao meio ambiente, encantou-me.

      Löschen
  2. Não estive a ver a cerimónia toda (é muita hora), um vi um bocado do desfile (desde os EUA até à Rússia, por sinal), para ver os atletas portugueses. E o nosso presidente.

    Já nos comentadores tivemos menos sorte que tu: os fulanos eram jornalistas daqueles de encher chouriços, falavam que se desunhavam e pouco disseram de interesse. Com a agravante que um teve até metade do desfile a falar do estádio do Maracaná. E repetia e voltava a repetir.Entretanto foi avisado e lá corrigiu, fez questão de o mencionar. Mas a dificuldade que tinha em dizer Maracanã? Que cromo!

    Beijocas

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi hoje iluminada durante cerca de trinta minutos com as cores nacionais de Portugal por ocasião da visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa — o presidente que está sempre em cima do acontecimento.

      Os comentadores portugueses pecam por falarem demais. Aqui os comentadores são mais comedidos.

      A cerimónia no estádio do Maracanã impressionou o mundo e deixou mensagem de superação, apesar de clima de pessimismo sobre os Jogos Olímpicos no Rio.

      Löschen
  3. Teresa, como eu concordo letrinha a letrinha com tudo o que disse a Teté!!! Vi a cerimónia hoje de manhã mas achei-a muito longa e os nossos comentadores tornaram-na ainda menos suportável. Vi os nossos atletas e os Juramentos, a Bandeia e e a Chama tudo o que mais adoro no que toca a esta Abertura.Achei que foi bonita mas longa. Bjs

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Uma abertura longa sem nunca aborrecer.

      Uma das cenas mais bonitas da noite foram os milhares de elásticos iluminados, movidos pelos dançarinos. Com o apoio de projeções, os bailarinos alternavam a combinação dos fios, formando desenhos variados. O recurso foi usado para contar a história do Brasil, passando pelos índios, a chegada dos portugueses, a escravidão e a imigração árabe e japonesa.

      Löschen
  4. Vi a cerimónia de abertura por 'episódios', graças ao sistema 'grave agora e veja depois'. Gostei.
    Quanto aos comentadores dizer o quê? Mal, muito mal. Na linha do que a Teté disse e a Papoila confirmou.
    Cada vez mais, o profissionalismo vai desaparecendo. E como o que interessa é pagar pouco, a qualidade não existe.
    Há coisas que quando comentadas - por estes aprendizes de coisa nenhuma - perdem qualidade. Mais valia que mostrassem apenas as imagens.

    Bom domingo, Teresa.
    Beijinho

    AntwortenLöschen
  5. Foi uma primeira de espectáculo exuberante de cor e de belza. Aliás o mesmo tinha acontecido em Inglaterra e na China. As aberturas são espectáculos a tentar não perder !

    AntwortenLöschen
  6. Não vi a cerimónia de abertura (passou aqui de madrugada).
    Mas tudo o que li e ouvi vai no sentido de ter sido excepcional.
    Boa semana

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen