O que é Gratidão?


«Quanto a mim, não creio em (nem desejo) uma existência após a morte, exceto na memória dos amigos e na esperança de que alguns dos meus livros ainda possam ‘falar’ às pessoas depois que eu morrer..» 

Durante os últimos meses de sua vida, Oliver Sacks escreveu uma série de ensaios nos quais explorou de maneira comovente o seu percurso pessoal para concluir a vida e enfrentar a própria morte da melhor forma. 
Nas poucas páginas de “Gratidão”, numa edição elegante em capa dura, lemos quatro textos publicados no New York Times entre Julho de 2013 e Agosto de 2015, pouco antes de ele morrer. Juntos, formam uma ode à singularidade de cada ser humano e de gratidão pelo dom da vida. Oliver Sacks observa tranquilo a sua carreira e a sua obra e reflete sobre o significado de levar uma existência que valha a pena. 
 No 53º Círculo Literário em Hösel aprofundamos o conceito e o significado de Gratidão.

Para o próximo encontro do Círculo Literário a 19 de Agosto de 2016, em Düsseldorf, escolhemos Old Filth. 
 A nova It-Girl da literatura inglesa chama-se Jane Gardam e tem quase noventa anos. O seu herói, Sir Edward Feathers, é um juíz velho e gago, um homem irrepreensível em peúgas amarelas.

Kommentare

  1. Muito obrigado por esta preciosa dica, Teresa. Fiquei muito curioso e vou procurar o livro. Votos de um bom FDS e um beijinho do amigo tuga

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Podia escrever ainda muito mais sobre as palavras poderosas dos quatro textos publicados no New York Times, que impressionam pela lucidez de Oliver Sacks, porém é melhor que seja o Carlos a lê-los.

      O Carlos sabe muito bem que não é "tuga". É sim, um homem que se preocupa com o que ocorre num mundo cada vez mais louco.

      Mil beijinhos da amiga que gostava de lutar a seu lado por um mundo melhor, mas a Teresa já perdeu o idealismo de outrora.

      Löschen
  2. Não podendo estar nesse 53º Círculo Literário, porque Hösel me fica fora do caminho e porque não tenho à mão tal livro, deixo-lhe a minha definição de gratidão:

    Grato
    é estar-se reconhecido
    pagar-se com um afecto
    com um objecto
    ou com um mimo
    e mesmo assim achar que se fica devendo

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. É pena que Hösel fique fora do teu caminho, camarada Rogério, porque seria uma honra para o Círculo que fosses nosso convidado.

      A tua definição de gratidão é um mimo, a qual vou traduzir e enviar aos membros do Círculo Literário.

      Löschen
  3. Li de Oliver Sacks "O homem que confundiu a mulher com um chapéu". Achei muito esclarecedor (ainda que já não consiga situar os temas).

    Podemos não crer na existência após a morte. Também não sei se devemos desejá-la (a vida é só uma e esta, o que haja será tão diverso que talvez o termo desejar nem lhe seja aplicável. Existindo, cabe a todos. Também a ele:)

    Creio bem que é isso que sinto: uma enorme gratidão por existir.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Oliver Sacks escreveu vários best-sellers, incluindo várias coleções de estudos de casos de pessoas com distúrbios neurológicos. Também eu li "O homem que confundiu a mulher com um chapéu" há uns anos atrás.

      "Gratidão" é um belíssimo livro de adeus à vida em gratidão, uma reflexão serena e altiva sobre a morte e o que importa realmente.

      Löschen
  4. Teresa, Também fiquei curiosa com esse livro, desse autor só li "O homem que confundiu a mulher com um chapéu".
    Para mim, Gratidão é tudo. É o que dá sentido à vida.
    Bjinho

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A Helga, um dos membros do Círculo, pensa como tu, papoila. Para ela, Gratidão é tudo. É o que dá sentido à vida.

      Löschen
  5. Essa é uma excelente pergunta. Desse autor nunca li nada, talvez um dia destes... :)

    Beijocas

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O 53º Círculo Literário foi muito diferente do habitual; desta vez, aprofundamos o conceito e o significado de Gratidão. Respostas com dois tipos de componentes: pessoais e não pessoais.

      Sorriso de um dia de Verão.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen