Campanha fracassada

 
A derrota do fim de semana foi um duro golpe para os liberais que sempre estiveram representados na Câmara Baixa nos 64 anos de existência da República Federal da Alemanha.
Na Alemanha, um período legislativo dura quatro anos, para o FDP foram quatro anos de altos e baixos.
Houve brigas pessoais internas no partido.
Guido Westerwelle teve de renunciar ao cargo de vice-chanceler federal e à presidência do FDP em 2011, devido à queda de popularidade. Mas a tendência de queda continuou sob o novo líder Philipp Rösler.
O FDP cometeu erros na sua política, no seu programa, na sua campanha eleitoral e na escolha de seus líderes.
 
E agora?
Os liberais têm agora quatro anos – até a próxima eleição parlamentar. E o processo de renovação já começou: nesta segunda-feira.
 
A esperança tem dois nomes:
Chistian Lindner, o carismático e eloquente líder do FDP no estado da Renânia do Norte-Vestfália.
Wolfgang Kubicki em Schleswig-Holstein.

Kommentare

  1. Porque é que faz lembrar o PS em Portugal??

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também a mim, Pedro.

      O PS comete erros na sua política, no seu programa, na sua campanha eleitoral e na escolha de seus líderes.

      Löschen
    2. Repito o que já comentei várias vezes, emtejoca - são o cúmulo da lentidão (correr sozinho e ficar em segundo).

      Löschen
  2. Estamos a entrar na recta final da campanha!
    Espero que nesta santa terrinha continuemos como estamos mas estou cansada de tanta conversa da treta, tanta deselegância a roçar mesmo a boçalidade!
    Dia 27 à meia noite acaba a campanha!
    Veremos se o PSD vai ser penalizado a nível local (e perde o predomínio das Câmaras) pela desastrosa governação a nível nacional!
    Imagina que até já se fala da descida do ordenado mínimo?
    Impossível viver-se assim! :(



    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Claro que o PSD vai ser penalizado a nível local, Rosa dos Ventos, mas só a nível local.

      Ninguém acredita numa melhor governação do PS a nível nacional.

      O ordenado mínimo foi aqui um dos temas mais importantes desta campanha eleitoral.

      Vamos lá ver no domingo!

      Löschen
  3. Ando tão cansada com a nossa campanha que começou excessivamente cedo que mal leio os jornais e se leio é na diagonal!
    Não é que me convenci que a Chanceler tinha tido maioria absoluta?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O partido da chanceler, a União Democrata Cristã (CDU), e a sua aliada na Baviera, a União Social Cristã (CSU), tiveram 41,7% dos votos.

      Grande parte dos alemães quer a aliança entre a CDU e o Partido Social-Democrata (SPD), porque é a melhor opção da maior economia europeia para o bloco político-económico.

      Os socialistas, descontentes com os resultados eleitorais, recusam essa aliança.

      Até quando?

      Löschen
  4. Virei poucas vezes comentar o teu Blog, porque não comento política, apesar de não ser apolítico. No entanto, queria dar-te os Parabens pelo teu Blog. Gosto da cor, do format, do tipo de letra e da maneira como publicas. Aparecerei amiúde e sempre que consiga comentar com música que é o que costume fazer nos outros Blogs.
    A pauta do Hino da Alegria, foi uma foto escolhida por acaso, surgiu-me, caso contrário como te conheço há muito pouco tempo, teria dificuldade em escolher algo diferente.
    Cumprimentos

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Muitíssimo obrigada pelas tuas palavras, Ricardo, que aqueceram o meu coração, uma vez, que me sinto como uma estranha, uma intrusa no vosso meio.

      O tema principal do "ematejoca azul" é a minha vida cultural, e não a minha vida política.

      Como esta eleição despertou tanto interesse aqui como fora da Alemanha, pois se trata do país que orienta grande parte da política da União Europeia, escrevo ultimamente sobre a situação política actual, mas só até saber quem é o novo parceiro da CDU/CSU.

      A pauta do Hino da Alegria foi pontaria certa. ADOREI.

      Löschen
    2. Não tens que sentir estranha e muito menos intrusa. Eu também cheguei há pouco tempo e garanto que todas estas pessoas são como uma família e o Blog do Rui é como se fosse o teatro onde a família se reúne em passatempos que ele fomenta e que todos gostamos.
      Cumprimentos

      Löschen
    3. Ja ando por aqui há mais de cinco anos, Ricardo.

      O blogue do Rui é realmente fantástico, sendo também o Rui quem compreende e aceita a minha alma alemã.

      Löschen
  5. Apesar de ter passado as quase três semanas de férias em Portugal ( apenas com uma escapadela à Galiza para cumprimentar Santiago) consegui passar quase incólume à campanha eleitoral.
    Hoje, regressado a casa, liguei o televisor, mas meia hora depois estava farto. Tricas políticas e desportivas, a poucas horas de recomeçar a trabalhar não é o que me está a apetecer. Surpreendentemente, dei por mim a contar aos leitores parte das minhas férias. lá no On the rocks. Não faz muito o meu género, mas desta vez apeteceu-me partilhar.
    Um beijinho nesta hora de regresso.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. BEM VINDO, CARLOS!!!

      Regressou profundamente desiludido com o nosso povo, mas reconfortado com a beleza do nosso país.

      Fez-me lembrar o meu filho, que durante umas férias em Portugal, um dia me disse:

      ---- Mamã, as praias aqui são tão bonitas que eu até gostava de viver em Portugal, se não fossem os portugueses.

      O miúdo não gostava dos portugueses. porque não compreendia o que eles diziam.

      Um beijinho também para si nesta hora de regresso.

      Löschen
  6. Estranha e intrusa entre nós?
    Que ideia, Teresa!
    Até me parece mal!
    Praticamente não faço postagens sobre política porque dão muito trabalho mas gosto de comentar...comentar é mais fácil! :)
    Depois de te identificar pela pauta resolvi mudar e mudei mal...:)

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha alma alemã é a causa de eu me sentir estranha e intrusa no vosso meio, Rosa dos Ventos!

      Löschen
  7. E agora estou à espera que vás lá explicar o porquê do meu "retrato"! :)
    Só há pouco é que soube quem era! :)

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Vejo-te como uma socialista a lutar por um Portugal melhor, dando todo o teu apoio à educação.

      Estou errada, Rosa dos Ventos?

      Mas nem todos podem ter uma pontaria certa como o Ricardo Santos com a pauta do Hino da Alegria.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen