Amamos as nossas mães quase sem o saber e só nos damos conta da profundidade das raízes desse amor no momento da derradeira separação.

Kommentare

  1. Amamos as nossas mães sempre.
    Um beijinho grande

    AntwortenLöschen
  2. Suponho que isso é mais verdade quando somos jovens, com o tempo aprendemos a amá-las e a acarinhá-las devidamente, ainda longe dessa separação...

    Beijocas e bom dia da mãe para ti!

    AntwortenLöschen
  3. (há quem nunca as tenha conhecido...)

    ;)

    AntwortenLöschen
  4. Acredito no que a Teté diz.:)
    bji gde

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen