Visão política da janela da cozinha




Sou uma dona de casa tradicional e a minha visão
política é da janela da cozinha.
A minha ideologia política é o preço da batata.
Não tenho
 um entendimento correctíssimo sobre a política portuguesa.
O que está em causa é a minha ingenuidade política.

Porém, eu 
não só posso como devo expressar a minha opinião mesmo que ela não agrade a gregos e troianos. As democracias liberais funcionam assim, e eu vivo numa democracia liberal.
 
Não me alimento de polémicas, quantas menos melhor.
Neste sentido, não vou opinar os debates de hoje e de amanhã.

Kommentare

  1. Há muito a dizer sobre a natureza divisiva da política partidária. Parece que cada vez é mais difícil reconciliar as diferenças de opinião. E estas diferenças – muitas vezes proferidas e demonstradas sem dignidade, sem coerência e através de atitudes beligerantes – podem separar uma nação e, consequentemente, impedir o seu progresso.
    Apenas posso focar na política de um país de cada vez. : ))

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer5/20/2024

      A Europa é o segundo continente mais pequeno do mundo, sendo apenas maior do
      que a Oceânia. Ainda assim, tem uma enorme diversidade de culturas, línguas e países.
      Eu amo a diversidade europeia 🇪🇺
      A Alemanha e Portugal estão sempre no campo da minha visão, tanto politicamente
      como culturalmente. É um privilégio viver entre dois países democráticos.

      Löschen
  2. Não sou dada a discussões políticas mas entusiasmo-me a opinar junto dos meus camaradas de partido.
    Continuo a ver os debates mas sobretudo as entrevistas a solo que têm corrido bem.

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando não há diversidade política, não há discussão.
      O partido tem sempre razão.

      Dia 20, segunda-feira, SIC
      CDU, PAN, Chega e IL

      Tenho pouco interesse em ouvir o António Tânger Corrêa.
      Pedro Fidalgo Marques, o cabeça de lista do PAN ao
      Parlamento Europeu, até é um tipo simpático, mas chato.

      Löschen
    2. Não é verdade, dentro de cada partido há diferentes opiniões.

      Abraço

      Löschen
    3. Teresa Palmira Hoffbauer5/20/2024

      As festas do partido comunista alemão começam com a canção:
      “O PARTIDO TEM SEMPRE RAZÃO“

      Não vi o debate mas li que a guerra na Ucrânia aqueceu o debate para
      as Europeias, com Pedro Fidalgo Marques a atirar: „Fica claro quem é
      o adulto responsável na sala e quem ficou preso no passado”,
      numa referência à posição da CDU.

      “Mesmo um partido como o PAN, que tem o princípio de não violência,
      temos que ser pragmáticos e objetivos. Temos uma guerra na Europa.”

      Löschen
  3. Rogério V. Pereira5/20/2024

    Trago-te uma quadra
    de profundo significado político
    Se concordas com ela
    Votarás no meu partido

    Caso não
    é a perfeita contradição

    Quanto à quadra-bandeira
    cá vai ela:

    "O pão que sobra à riqueza
    distribuido pela razão
    matava a fome à pobreza
    e ainda sobrava pão"

    Escreve e cola
    na porta do frigorifico
    ou na janela da cozinha

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer5/20/2024

      Não, não voto no teu partido.
      Eu sou uma europeísta convicta e não quero sair do euro.
      Todavia, não sou anticomunista. Antes pelo contrário.
      O meu primeiro partido, no qual votei, mesmo depois da morte
      do inesquecível ÁLVARO CUNHAL.
      Não vou em cantigas.
      Combater a pobreza e apoiar a inclusão social é o principal
      objectivo político numa sociedade saudável.

      Löschen
  4. Tudo se explica pela luta de classes... até o preço da batata.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer5/20/2024

      Karl Marx descreve a luta de classes na sociedade capitalista e como o proletariado
      acabaria tomando o poder das elites dominantes em todo o mundo.
      Li o Capital, a sua principal obra, mas já nessa altura não pertencia ao proletariado.

      Löschen
  5. Minha amiga de há tanto tempo, deixa-me dizer uma coisa : as democracias iliberais são uma espécie de ditadura , na minha opinião. Consequentemente, só existem democracias e nem é necessário acrescentar mais nada.

    Grande abraço de perto do Tejo com desejo de excelente semana :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O fascismo e o comunismo foram dois companheiros de percurso do século XX —
      semelhantes em muitos aspectos. Eu não quero uma ditadura do proletariado.
      Eu quero uma Europa plural, mais livre.
      Nas eleições europeias voto na Alemanha 🇩🇪
      A minha posição liberal e democrática vem da minha origem burguesa e privilegiada.
      É com grande satisfação que recebo o teu abraço, querida São, a nossa amizade de
      tantos anos é mais importante do que as nossas diferenças políticas.

      Löschen
  6. Há horas atrás comecei a escrever aqui quando o meu PC resolveu emperrar. Estou exausta de tanto andar a correr seca e meca para o colocar operacional, de modo que...nada do que que já havia escrito irei repetir. Não me apetece, e muitas coisas já foram ditas.
    Adorei o bom gosto da colagem bem a propósito do texto.
    Só uma coisinha que gostaria de repetir. Se consideras ser teu direito, e é, poder expressar as tuas opiniões políticas sem pretensões de agradar à esquerda ou à direita, não deixes de o fazer, doa a quem doer...

    Um abraço e uma boa semana, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer5/20/2024

      Os debates de hoje e de amanhã não me despertam qualquer interesse.
      Volto na sexta-feira com Marta Temido, Sebastião Bugalho, Catarina Martins.
      O cabeça de lista do PAN também compartilha o debate.

      A Esquerda portuguesa pensa que engoliu a “colher da sabedoria“.
      Somente as suas convicções têm razão de ser.
      A palavra tolerância não entra na sua mente.
      Na Alemanha são os Verdes que nos ditam o que é politicamente correcto.
      Uma ditadura ecológica.

      Embora não queira ferir suscetibilidades vou continuar a escrever —
      olhando através da janela da cozinha.

      Um abraço, agradecendo o teu apoio e desejando-te uma semana feliz.

      Löschen
  7. Já somos duas e não discuto política e muito menos futebol:))))
    Beijos e um bom dia

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer5/21/2024

      Controvérsias são pilares fundamentais das sociedades democráticas.
      Beijos da aldeia do Düssel sob tempestade e trovões — quase como
      na Assembleia Nacional 🇵🇹

      Löschen

Kommentar veröffentlichen