Persuasão




O último grande romance de Jane Austen
O romance é sobre a consistência do amor, que também pode prevalecer por anos e contra todas as resistências. A história se passa em 1814 no condado de Somersetshire.

Passaram-se oito anos desde que Anne Elliot foi persuadida pelo seu pai a rejeitar a proposta de casamento de Frederick Wentworth. A partir de então, Anne viveu sem alegria na mansão de seu pai, enquanto Wentworth se tornou um oficial naval rico e cosmopolita.
Quando um dia ambos se encontram novamente, uma abordagem tímida começa, que culmina numa das declarações de amor mais originais da literatura mundial. 

Jane Austen (16.12.1775 Steventon - 18.7.1817 Winchester) é uma das escritoras britânicas mais importantes de todos os tempos, que publicou os seus romances anonimamente sob o título "por uma senhora". As principais obras de Austen, como Orgulho e Preconceito e Emma, estão entre os clássicos da literatura inglesa. No centro do seu trabalho literário é muitas vezes a ruptura de jovens mulheres da burguesia rural superior, que estão entre as expectativas da nobreza e a sua própria ideia de felicidade.

Kommentare

  1. Romances antigos sobre amores antigos, um fascínio.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer2/22/2024

      As velhinhas que o poeta encontra no café ☕️ decerto que ficavam fascinadas ao ler este clássico da literatura mundial. O romance mais crítico de Jane Austen. Um amor que resistiu à diferença de classes numa sociedade retrógrada.

      Löschen
    2. Na próxima quinta-feira a liturgia literária é em Hösel.
      Analisamos um romance de um autor austríaco ainda vivo.
      A porta fica aberta …

      Löschen
    3. Procurei-o mas não deve estar traduzido para Português.

      Löschen
    4. Teresa Palmira Hoffbauer2/22/2024

      Robert Seethaler, nasceu em Viena em 1966. Os seus romances "Der Trafikant" (2012), "Ein ganze Leben" (2014) e "Das Feld" (2018) tornaram-se grandes sucessos internacionais. Os seus livros foram traduzidos para mais de 40 idiomas. Com o seu romance "Uma vida inteira", ele estava na lista restrita do International Booker Prize.

      Löschen
  2. A Inglaterra Vitoriana é sempre um fascínio.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer2/22/2024

      Na Era Vitoriana as mulheres eram preparadas para o casamento e perder a virgindade antes era viver e sofrer todos os preconceitos de uma sociedade patriarcal.

      Löschen

  3. atravessar as famílias patriarcais e ver o jugo masculino sobre o feminino descrito com maestria por Jane Austen
    faz bem reler a autora e olhar que, infelizmente, mesmo no século XXI ainda há resquícios da época vitoriana espalhados pelo mundo

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Na juventude li a obra literária de Jane Austen. Leio-a novamente em alemão na excelente tradução de Christian Grawe e Ursula Grawe.
      A maioria das mulheres muçulmanas, que aqui vive, continua sobre o jugo brutal masculino. Matam irmãs e filhas sempre que elas queiram viver livremente.

      Löschen
  4. Britanicamente falando, yes Jane!
    Um abraço,Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer2/22/2024

      Nos romances de Jane Austen, as condições sociais do seu tempo se refletem numa clareza única.

      Britanicamente falando, yes António!!

      Löschen
  5. Ando com "O Tambor de Lata", não posso pegar noutro!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer2/22/2024

      Com o aparecimento do "Bechtrommel" em 1959, o romance alemão do pós-guerra ganhou lugar na literatura mundial e Oskar Matzerath ganhou o seu lugar permanente na mitologia moderna.

      Abraço nesta quinta-feira chuvosa ☔️

      Löschen
  6. Rogério V. Pereira2/23/2024

    O amor sempre foi um bom tema...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O romance não é apenas para os fãs de Jane Austen, mas para todos aqueles que estão interessados em romances históricos ambientados na Inglaterra.
      O amor embeleza a história.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

O que ando a ler?