Guardador dos restos do Templo de Poseidon


Tarento é uma cidade muito histórica
Essas duas colunas dóricas do Templo de Poseidon são tudo o que resta da antiga Tarento, que já foi a maior colónia grega do sul da Itália. 
O mérito de destruir o templo pertence, como de costume, aos cristãos. Tendo perdido as antigas tecnologias de construção, eles desmantelaram o templo de Poseidon para a construção das suas igrejas. É uma pena que no início do século XVIII houvesse 10 colunas, mas elas foram desmanteladas para a construção de outra Igreja. Apenas essas duas colunas permanecem no Cuore de Borgo.

Kommentare

  1. Rogério V. Pereira4/15/2024

    (as coisas que esta nossa amiga sabe!...)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer4/15/2024

      Peço a Israel e ao Irão que resolvam as diferenças apenas através da diplomacia, no entanto, a minha ansiedade cresce. Para me acalmar, vejo as fotografias das minhas férias em Itália, em setembro do ano passado.

      Löschen
  2. Que guardador fofinho!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer4/15/2024

      Tarento é uma cidade que realmente gosta de gatos 🐱
      Boa noite 😘

      Löschen
  3. olho a fotografia e penso nos verdadeiros atentados que se cometeram e continuam a cometer à história (o exemplo mais recente são as pirâmides do Egipto quase abafadas por empreendimentos turísticos e outros prédios)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer4/16/2024

      O mérito de destruir não pertence somente aos cristãos.
      A organização terrorista "Estado Islâmico" (EI) escolheu um lugar simbólico para uma execução em massa: no dia 27 de maio de 2015, matou 25 sírios uniformizados nas ruínas do antigo anfiteatro de Palmira.
      Os templos de Abu Simbel — o Património Mundial que quase desapareceu para sempre.

      Löschen
  4. E que bem guardadas ficaram as duas colunas remanescentes! :)
    (ia-me esquecendo de dar a injecção de insulina à Mistral, ainda bem que vi este belo guardião)

    Abraço, Teresa!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Nas ruínas do Templo de Poseidon estavam diversos gatos.
      Este é que veio ter comigo para ficar na fotografia.
      Abraço para a Maria João e uma carícia para a Mistral.

      Löschen
    2. De tão cansada, creio que hoje me esqueceria mesmo da picadela da noite. Graças a si e ao pequeno felino que veio ter consigo é que se fez luz neste meu imenso mar de cansaço físico e mental. A Mistral está óptima e muito patusca, desde que as injecções não falhem, claro.

      Löschen
    3. Ver Netanyahu com o dedo no gatilho é que me causa medo.
      Para permanecer no poder, a estratégia «iraniana» do primeiro-ministro israelita é uma arma apontada para o mundo, incluindo Joe Biden. Apagando a Palestina e o massacre em curso em Gaza.

      Outro abraço para a Maria João desejando-lhe muita saúde.
      Um miau para a Mistral a sua companheira felina.

      Löschen
  5. Apreciei devidamente a fotografia. 👍

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Teresa Palmira Hoffbauer4/16/2024

      TARENTO — UMA CIDADE COM DUAS FACES e muitos gatos 🐱

      Löschen
  6. E têm ali um tuxedo cat muito concentrado na sua nobre missão de guardião do templo.
    Boa semana

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando nos viu, correu para aquele lugar e lá permaneceu até irmos embora.
      Uma terça-feira calma 🌷

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

“Canção Doce” de Leïla Slimani

The Guilty Party