Wo Licht ist, da ist auch Schatten || Onde quer que haja muita luz, também há muita sombra



Estou a caminho de Bergisch Gladbach para assistir a um simpósio sobre Michelangelo Merisi, conhecido como Caravaggio (1571 — 1610) —Caravaggio era o nome da aldeia natal da sua família e foi escolhido como o seu nome artístico — na Thomas-Morus-Akademie, nos 450 anos do mestre do barroco e da sua arte de contrastes.
O mar foi o único motivo que ele não pintou.
Wo Licht ist, da ist auch Schatten || Onde há luz, há também sombra de Johann Wolfgang von Goethe como título do simpósio, expressa que na vida de Caravaggio não houve somente luz; houve também sombra. Eu diria mesmo, que houve mais sombra do que luz, tanto nos trabalhos dos últimos anos como na sua vida privada.
Regresso no domingo à noite. Na próxima semana, que quero que seja tranquila, respondo a todos os comentários, mesmo os mais antigos.

Kommentare

  1. Realmente já tinha reparado que à minha frente, ou atrás, ou ao lado, uma sombra me imita não respeitando a minha solidão, embora respeite o meu silêncio. Não achava graça. Não achava, porque agora acho. E acho porquê? Porque entendo que essa sombra não é mais nem menos que, o esplendor da minha LUZ. Há coisas fantásticas não há?

    Pronto. Ao ler o tema apeteceu-me escrever isto

    Tem um feliz e abençoado fim de semana

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. És um homem muito espirituoso, Ricardo. Gostei da tua resposta à publicação.

      Löschen
  2. Todos nós vivemos esse binómio mas a maioria sem o manifestar!

    Abraço

    AntwortenLöschen
  3. Estas suas publicações aguçam a inveja de alguns leitores, é o meu caso. Aproveite e partilhe com materiais recolhidos.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Estas publicações são simplesmente ocorrências da minha vida cultural — muitíssimo pobre desde a pandemia.

      Löschen
  4. Tenha uns dias felizes!:))
    -
    Traçando os caminhos sombrios
    -
    Beijos, e excelente fim de semana.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Os meus dias são felizes com ou sem CARAVAGGIO.

      Löschen
  5. “Os jogadores” ou “Os trapaceiros” - uma pintura lindíssima.

    AntwortenLöschen
  6. Ninguém é perfeito...
    Sê-lo-ia o pintor
    se pintasse um naufrágio

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Se Caravaggio pintasse um naufrágio, pintava a sua própria vida.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

Angela Merkel: fim de uma era