NOS TEUS ANOS, MÃE


Se eu fosse poetisa
Far-te-ia um poema
Mãe!
Breve
Singelo
 E muito belo. 

Se eu fosse pintora
Reproduziria
Na minha tela
O teu rosto
Mãe!
Esse rosto
Lindo
Gentil
Airoso. 
O teu olhar 
Azul
Suave 
Brando
Melodioso.

Mas não, Mãe! 
Eu não sou poetisa 
Nem sou pintora 
Eu não sou nada. 

Só tenho 
Para te dar
O meu amor! 

Kommentare

  1. O amor dado assim supera qualquer pintura ou poema e é o que as mães desejam. Pinturas e poemas relevam de um dom natural, o amor entre mãe e filho é terno laço indestrutível. Que também se constrói.
    Bom dia

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quem vive na memória da sua família não está morto, está apenas longe. Só está morto quem foi esquecido. Tenho muitas saudades da minha mamã!!

      Löschen
  2. Uma mãe (ou um pai ) não precisam de poemas, pinturas, prendas caras. Basta um sorriso, um beijo, um abraço, um...amo~te mãe/pai, para que o coração da mãe/pai fiquem cheios de felicidade

    Não é no faustoso que está a beleza ainda que posse existir. São as coisas e os atos simples que têm (a maior) beleza do amor. Não existe nenhuma mãe/pai ( escrevi MÂE/PAI ) que não dê a vida pelos seus filhos. De igual modo, os filhos devem retribuir.

    Gostei muito de ler a presente declaração de amor, escrita tenho a certeza, por palavras saídas do coração. Tão bonito

    Não é preciso ser poetisa, ou pintora, ou astronauta, para se ser alguém. Nenhuma pessoa é nada. Uma pessoa é ... TUDO.

    Beijinho daqui até aí, em ti.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Há coisas que se podem dizer numa palavra, num abraço, numa lembrança... para transmitir o amor, que só morre connosco!!

      Löschen
  3. Olá, Teresa!
    Que outra prenda poderias dar à tua mãe, senão esta?!
    Com o coração escreveste um poema, com o coração escolheste as flores. E ainda com o coração deste-lhe a melhor das prendas: amor!
    Gostei muito.
    Dois beijos.





    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um amor à distância. Distância essa, que lhe quebrou o coração.

      Beijo da amiga de longe!!

      Löschen
  4. E esse amor é poema, é quadro, é tudo o que há de melhor!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha mãe mora no meu coração ... está sempre perto de mim.

      Löschen
  5. De certo que a tua mãe, onde quer que se encontre, gostou do teu poema.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha mãe adorou o poema, que trazia sempre consigo.

      Löschen
  6. O amor dado assim não supera qualquer pintura ou poema - é uma outra forma.
    Cada um dá o que tem e o que sabe - para as mães é igual.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O coração dos filhos atinge SEMPRE os das mães...por isso, ela amou esta homenagem como ninguém.

      Löschen
  7. Maravilhosa forma de amar!
    Ela, a senhora tua Mãe, vai gostar.
    Beijinho, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha Mãe adorou o poema, que escrevi antes de abandonar a minha zona de conforto.

      Beijinho, António.

      Löschen
  8. O amor é a arte suprema!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O amor é uma arte muito especial...

      Abraço de um Düsseldorf muito quente!!

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

Jo Nesbø: Ciúmes

Pinceladas selvagens