mitos germânicos e tradições cristãs... e ovos multicolores


 A tradição cristã da Páscoa como a festa da ressurreição de Cristo, em que a morte não é o fim, mas sim o recomeço de uma nova vida, está ligada à mitologia germânica. Segundo Jacob Grimm, um dos famosos irmãos Grimm, o próprio termo alemão, Ostern, deriva de Ostara, a deusa germânica da primavera. 
Grimm escreve no seu livro sobre a mitologia germânica: "A primeira das grandes festas germânicas da primavera, representando a vitória do sol aquecedor sobre as trevas e o frio do inverno, é Ostern, que foi equiparada à festa de ressurreição de Cristo pela Igreja na Idade Média".
O costume de se procurar os ovos de Páscoa no jardim também se baseia na crença dos germanos e de outros povos antigos de que o ovo é o símbolo da fertilidade e da nova vida em crescimento. 
O coelho, símbolo de fertilidade na mitologia grega, é o animal sagrado atribuído tanto a Afrodite, a deusa do amor dos romanos, como a Ostara.
Cerca de 2 mil coelhos de Páscoa, livros, ovos decorados, cartões-postais, guardanapos, quadros e outros artigos relacionados à comemoração religiosa podem ser vistos no Osterhasen Museum de Munique, o primeiro Museu de Coelhos de Páscoa do mundo. 

   Uma Páscoa de alegria e cultura, de saber e de paixão — muitas amêndoas e chocolates, mas sobretudo muita saúde!!!

 

Kommentare

  1. Acabo de inventar
    uma máxima
    que escusas de comentar
    ... e é assim
    "Todo o crucificado
    há-de um dia ressuscitar
    sem milagre a assinalar
    chame-se-lhe ressurreição
    ou não
    (eu chamo-lhe libertação)"

    Enfim... coisas minhas!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A ressurreição da NATUREZA 🌾 com a entrada da PRIMAVERA 🌻 é a libertação do inverno‼

      Löschen
  2. gostei sobretudo do ar apalermado dos pintos:)
    Fora de brincadeira: Boa Páscoa, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Eu gostei sobretudo dos inúmeros presentes que o Coelho da Páscoa me deixou no jardim 🐰 🐰 🐰

      Löschen
  3. Depois há a estória de uma mulher pobre (creio que alemã) que pintou alguns ovos para os filhos e os escondeu numa toca. Quando os filhos se dirigiam àquele buraco na terra, saltou um coelho. As crianças pensaram que o coelho é que tinha posto os ovos. E assim começou a lenda do coelhinho da Páscoa. : )
    Bom domingo de Páscoa, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Uma das muitas histórias que se contam por aqui, mas que ninguém acredita‼

      Löschen
  4. Antworten
    1. Faço votos que esteja bem de saúde, Maria João‼

      Löschen
  5. Antworten
    1. Uma Páscoa muito feliz
      E felizes os dias seguintes a ela.

      Beijinho

      Löschen
    2. E a tua Páscoa também foi feliz, António⁉

      Löschen
    3. O Domingo de Páscoa foi muitíssimo agradável. Vamos lá ver como é a Segunda-feira de Páscoa 🐰 🐰 🐰

      Löschen
  6. Muito interessante!
    Espero que, dentro dos possíveis, tenha sido uma Santa Páscoa

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O Coelho da Páscoa não se esqueceu de mim 🐰 🐰 🐰

      Löschen
  7. Passei para desejar uma Boa Páscoa

    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Feliz Páscoa...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O meu Domingo de Páscoa foi sensacional. E o teu, Kique⁉

      Löschen
  8. Já cheguei depois da Páscoa (sorrisos)

    Independentemente da componente histórica/religiosa, é, habitualmente, também, um dos momentos consagrados às famílias que, este ano tiveram de reinventar alternativas.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O habitual "brunch" em Osterrath não foi possível 🌿
      O coelho da Páscoa deixou muitos presentes no jardim 🌿
      Visitas a três metros de distância também no jardim 🌿

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

O que ando a ler?