Francisco de Zurbarán

Santa Cacilda, 1635 

O Museu Palácio de Arte de Düsseldorf apresenta atualmente uma exposição de obras do pintor espanhol Francisco de Zurbarán (1598-1664), um dos mestres do período conhecido como século de ouro espanhol. 
Esta é a primeira exposição na Alemanha de obras deste pintor, contemporâneo e amigo de Diego Rodríguez de Silva y Velázquez (1599-1660).
 Francisco de Zurbarán é um dos grandes pintores do Barroco espanhol, assim como Diego Velázquez e Bartolomé Esteban Murillo (1617-1682).
A sua obra, com tema de caráter essencialmente religioso, revela uma grande força visual e um profundo misticismo. 
Francisco Zurbarán apresenta nas suas telas a nova mentalidade que surgiu após o Concílio de Trento (1545-1563) que levou para a Espanha católica dos séculos XVI e XVII um vento de mudança, atingindo não somente as belas artes, mas também o teatro, a literatura e a música. 
 A Alemanha é historicamente chamada de Das Land der Dichter und Denker — o país dos poetas e pensadores. 
A Espanha é o país dos pintores.

Kommentare

  1. Não sabia de como historicamente eram conhecidas a Alemanha e Espanha, será que Portugal também era conhecido por algo?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A Alemanha é historicamente chamada de Das Land der Dichter und Denker — o país dos poetas e pensadores.

      Historicamente a Espanha não é chamada de um país de pintores, é a minha opinião, pela qualidade e quantidade de artistas espanhóis nas diversas épocas da história de arte.

      Portugal é o país dos POETAS.

      Löschen

Kommentar posten