Trauma


Por volta das 21,30h de quarta-feira (14/10) um indivíduo roubou-me a carteira, dentro da qual se encontrava a carteira com os documentos e o dinheiro, o telemóvel, um romance policial e o meu novo tablet branco.
Jantei em casa da minha filha que chegara há uns dias de Las Vegas.
As embalagens dos inúmeros presentes que trouxe para as filhas estavam espalhadas no chão da sala de estar.
Como sou uma obcecada por separar o lixo para reciclagem, apanhei todas as embagens e meti-as num saco para as deitar no contentor dos papéis.
A caminho de casa atravessei o pequeno parque e entrei na rua da piscina, onde se encontra o contentor.
Ao descartar as embalagens, caem algumas no chão. Abaixo-me para as apanhar e, dou de caras com um homem de cóqueras, cabelo muito bem pentado, penso que ele me quer ajudar.
Ele puxa pela minha carteira e desata a correr.
Corro atrás dele e quase o apanho, quando duas alemãs impedem a minha perseguição, alegando que corro o perigo de ele me agredir.
Volto ao contentor dos papéis onde deito as embalagens ainda espalhadas por terra.
Tenciono voltar para casa da minha filha, quando uma alemã se aproxima e me comunica que já chamou a polícia.
Ela encontrava-se na varanda a fumar, quando me viu sair do mini parque seguida por um vulto masculino.
Entretanto chega a polícia. 
Depois de cumprir todas as formalidades, um dos polícias leva-me a casa da minha filha, pelo caminho pergunta-me porque razão estou mascarada de gato. 
Esqueci que a Lurée tinha pintado de gato a minha cara.
O indivíduo — do tipo entre Severino Seeger e Rui Sinel — queria ajudar-me a apanhar as embalagens, mas quando viu o rosto felino, assustou-se e roubou-me a carteira.

Kommentare

  1. OOOH...Que valente susto!
    Espero que aos poucos recuperes a calma pois um assalto é sempre traumatizante mesmo que não tenha havido agressão.
    Foi uma sorte haver gente na rua, um beijinho solidário.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A rua estava deserta.
      As testemunhas assistiram ao assalto da varanda e vieram para a rua para me apoiar e impedir que eu fosse atrás dele.

      Desde essa noite que tenho terríveis dores de cabeça.

      Agradeço o beijinho solidário e desejo-te uma semana sem sustos.

      Löschen
  2. Que grande seca Ematejoca e és bem corajosa para pensar em persegui-lo. Já me aconteceu, mas não cheguei sequer a ver quem me levou a carteira - pousei-a enquanto experimentava uns sapatos e ia ver como que me ficavam no espelho - e nunca mais a vi (parece que tinha lá tudo, documentos, um livro de ficção científica que andava a ler, óculos, só não tinha dinheiro...o que deve ter sido um desapontamento para quem a levou). Mais tarde, os documentos apareceram e recuperei-os. Espero que seja possível recuperar o máximo do que estava na carteira.
    um beijinho
    Gábi

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não foi uma questão de coragem. foi sim, uma questão de eu querer recuperar o meu amado tablet branco.

      Amanhã vou tratar de requerer os documentos roubados, porque não espero que seja possível recuperá-los.

      Beijinho da Teresa

      Löschen
  3. Que medo, ematejoca!!! Que bom teres quem te ajudasse! O pior foi mesmo ficar sem a carteira e, especialmente, sem o que estava lá dentro. Que trauma, mesmo! Que fúria!!! Oxalá consigas reaver alguma coisa: elo menos os documentos...

    Beijinhos

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O pior foi o meu querido tablet branco e o bilhete de identidade.

      Só de pensar que tenho de ir ao Consulado de Portugal fico furiosa.
      Ou será uma oportunidade para eu aceitar de uma vez para sempre a nacionalidade alemã para evitar de ir ao consulado.

      Beijinhos da Teresa

      Löschen
  4. Teresinhamiga

    Eça agora.digo, essa agora! Julguei que na Alemanha, país terceiro-mundista, não se passavam dessas coisas. Pelo contrário em Portugal, que é um país desenvolvido, nunca tal episódio ocorre. Por isso o nosso crescimento é tsunamico e o alemão é negativo (de acordo com as Moody's, Standard & Poor's e Fitch

    Agora muito a sério, é sempre uma enorme chatice quando isso acontece. Fazer novos documentos, comprar nova carteira etc. e tal é pior que o deus-me-livre, ainda que às vezes eles apareçam. Os €€€€ é que nunca mais.

    Também deste motivo para a actuação do larápio... Que ideia a tua de andar pela rua, à noite disfarçada de gata... À noite todos os gatos são pardos - mas tanto não... :-)

    Mas depois do leite derram... (aqui é mais a carteira roubada...) nada mais há que fazer. Recolhimento e oração? Nada! Custam mais do que o roubo,,, E não te acerques muito a um contentor.Es sind Männer für alles... sogar stehlen" Säcke...

    kleine Käse do Leãozão

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Estou-me nas tintas para a carteira e para tudo que tinha lá dentro, excepto o meu muitíssimo estimado tablet branco.

      Dummes Arschloch!!!

      Löschen
  5. Que situação tão lamentável. Fico arrepiada só de imaginar a rua deserta e esse indivíduo com intenções desonestas. É muito aborrecido ter de tratar de toda a papelada, mas o importante é que nada de mais grave aconteceu.

    Um beijinho e boa sorte no Consulado :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando eu chorosa só falava do meu tablet branco, a polícia disse então, que o mais importante é que não me tenha acontecido nada.

      Há anos que não vou ao Consulado, que entretanto, tem uma nova morada.

      Hoje, ao telefone falei com um empregado de voz jovem agradável.

      Beijinho da amiga de longe.

      Löschen
  6. Para a outra vez recomendo-lhe cara de coelho
    Talvez se safe...

    Quanto ao tablet branco
    não se rale,
    não é chocolate a sério, como sabe

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Se eu tivesse cara de coelho, ele não me tinha roubado, tinha-me agredido.

      Se o tablet branco fosse de chocolate, eu não me ralava.

      Löschen
  7. Ich bitte dich Teresinhamiga entschuldige mich, aber ich muss Sie bitten, einmal mehr: Sendet mir bitte Ihre e-mail Adresse, denn ich bin neu ordnen mein Computer mailbox Liste sehr viel

    kleineren Käse von Leo der Große

    Bereits wieder auf ihren Geldbeutel dir von Frau? Ich hoffe,dass Ja,,

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Já lá vai muito tempo que deixei o meu @-mail na TRAVESSA.

      Uma vez mais:

      temira.hoffbauer@gmx.de

      Por favor, traduz: "Bereits wieder auf ihren Geldbeutel dir von Frau?"

      Löschen
  8. O mais chato nestas porcarias ainda são os documentos, ter que agora requerer tudo de novo.
    F....da p....!!!!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O mais chato foi o roubo do meu tablet branco.

      Stupid fucker!

      Löschen
  9. Boas recuperações do susto, deve ser mesmo uma sensação muito estranha, além do medo do momento os incómodos posteriores.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não fiquei com medo, fiquei com raiva, Carlos. Ou, mais precisamente, continuo com raiva pelo roubo do meu tablet branco.

      Löschen
  10. ~~~
    ~ Parques desertos, são um perigo.

    ~ Ainda bem que depois de te acalmares, conseguiste brincar com a situação que teve o seu lado engraçado.

    ~~ Resta-me desejar-te uma semana resignada. ~~

    ~~~~~ Grande abraço amigo. ~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Como já dizia Millôr Fernandes:

      Certas coisas só são amargas se a gente as engole.

      Não vai ser uma semana resignada, mas sim, uma semana de luta.

      Abraço-te com amizade, Majo.

      Löschen

Kommentar posten