O Grande Prémio de 1939

Os olhos dos meus filhinhos,
 Quando estão p'ra adormecer,
 São tal e qual balõezinhos
 A apagar e a acender.


                                      Romeu e Julieta

Kommentare

  1. Os olhos dos meus netinhos,
    Quando estão p'ra acordar,
    São tal e qual balõezinhos
    A acender e a apagar

    Depois viram-se para o outro lado
    e mandam-me ir passear.

    AntwortenLöschen
  2. :)) ... Até descobriste o pseudónimo ! rsrs ... Julieta (minha mãe) e Romeu (o meu irmão) ! rsrs
    Sabes que esta quadra nos valeu ter a casa sempre cheia, com alguns vizinhos que lá iam ouvir as últimas notícias do Fernando Pessa, da BBC sobre a Grande Guerra (39 a 45) ? ... É que nessa altura poucos tinham rádio, telefone (e carro muitos menos) e um magnífico rádio enorme e lindíssimo, foi o prémio atribuído à quadra ?! :) ... "E esta hein ...?!"
    Obrigado por recordá-la, Teresa !!! ... e no dia certo ! :)

    Um beijo enorme e um grande abraço !
    :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Pensei que o pseudónimo Romeu era o teu pai e Julieta a tua mãe. Então, o teu irmão chama-se Romeu.

      A veia poética do teu pai até merecia um carro, no entanto, um magnífico rádio enorme e lindíssimo para ouvir as últimas notícias sobre a Segunda Grande Guerra era ainda mais útil.

      Abraço-te com amizade, Rui.

      Löschen
  3. Tão lindo!! E ainda por cima vindo de quem vem.... Que surpresa gira!

    Beijinhos.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um poema popular que nos fala de amor, carinho — que existem dentro do nosso coração.

      Quando o poeta é o pai do nosso querido amigo Rui, melhor ainda.

      Löschen

Kommentar posten