AO RITMO DA NATUREZA

Corremos juntos pelos campos,
olhando as papoilas inocentes,
a fortaleza das árvores silenciosas,
o eterno azul do céu.

Ouvimos a voz do vento,
os murmúrios da água dos regatos,
o cantar das cigarras descuidadas,
a música da colheita.

Unimos os nossos gestos,
os nossos ideais, as nossas almas
à quietude da paisagem verde.

Amamos a natureza pura e livre,
Puros e livres como a natureza
amamo-nos sobre a relva fresca.

Kommentare

  1. Aniversário de casamento?
    Se sim, que se repita por muitos anos

    AntwortenLöschen
    Antworten

    1. Hoje copio o Pedro...


      Um beijinho especial com uma semana de atraso
      (^^)


      P.S. curioso que conheço outros dois casais a festejar aniversários de casamento no dia 20 de Agosto :))

      Löschen
  2. Que bonito!
    É sempre tempo de celebrar o amor! .)
    Tenho uma lembrança para ti lá no meu espaço...embora não goste muito de convidar a que me visitem! :)

    Abraço

    AntwortenLöschen
  3. Jocamiga

    Guten Tag!

    Hoje comento sinteticamente:o Amor canta-se, mas, sobretudo, vive-se...

    No entanto, venho fazer um pedido.

    Como se sabe, vou publicar o meu livro de crónicas tiradas daquelas que venho publicando na Travessa. Ora, quando ele vier a público – tão brevemente quanto seja possível – aqui deixo uma sugestão/ORDEM!!!. Compra, no mínimo, 13 exemplares, pois penso que será uma óptima prenda para casamentos, baptizados, primeiras comunhões, crismas, velórios, divórcios, Natais, Anos Novos, carnavais, Páscoas e até homenagens.

    Também preciso que faças propaganda/publicidade da obra para ela ser conhecida – e comprada. Trabalhar para aquecer não me parece aconselhável e uns quantos €€€€€ sabem muito bem. Para tal darei conhecimento da data e local da ocorrência. Espero e desejo que estejas por cá e as tuas Amigas e os teus Amigos também. Muitíssimo obrigadérrimo!


    Qjs

    AntwortenLöschen
  4. ~ ~ ~ Muito, muito lindo o poema e belíssimo o vosso amor. ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ Foi uma reconciliação ou efeméride?

    ~ ~ ~ ~ ~ De qualquer modo, as minhas felicitações.

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    AntwortenLöschen
  5. O poema é teu? Gostei! :)

    Beijocas de longe!

    AntwortenLöschen
  6. Me fez sentir o cheiro do orvalho, tão renegado por conta da vida na cidade. A natureza dá seu grito de liberdade sempre que desabrocha trabalhando silenciosamente 24 horas sem reclamação. Liberdade é apenas um estado e sentir-se livre é o pico máximo de felicidade.
    Parabéns!!
    Beijus,

    AntwortenLöschen
  7. A natureza a oferecer momentos de grande prazer.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

O que ando a ler?