Todos os livros antigos são valiosos?


Os meus familiares e amigos estão proibidos de me oferecer objectos inúteis assim como livros, cds ou dvds. Aceito sim, bilhetes para qualquer acontecimento cultural como teatro, ópera, concertos.
Caso sejam livros raros e antigos como os 4 volumes de Familiar Wild Birds de W. Swaysland, de 1883, então já não digo que não, mesmo sabendo que a antiguidade por si só não é suficiente para tornar um livro valioso.

Rubens Borba de Moraes explica em “O bibliófilo aprendiz”, 2005, quando um livro antigo é valioso:

“Um livro não é valioso porque é antigo e, provavelmente, raro. Existem milhões de livros antigos que nada valem porque não interessam a ninguém. Toda biblioteca pública está cheia de livros antigos, que, se fossem postos à venda, não valeriam mais que o seu peso como papel velho. O valor de um livro nada tem a ver com a sua idade. A procura é que torna um livro valioso.” 

Provavelmente ninguém procura Familiar Wild Birds de W. Swaysland; mas já é suficiente que eu tenha interesse em aprofundar os meus conhecimentos sobre Aves Selvagens para tornar estes livros valiosos.

Kommentare

  1. Possuo alguns livros, verdadeira preciosidades, que estão há já bastante tempo a ser recuperados.
    Ofertas de alguém que foi importante na minha vida e dos quais nunca me separarei.
    Boa semana!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Entretanto, soube que certos livros que possuo são verdadeiras preciosidades, embora não tenham nada a ver com alguém importante na minha vida.

      Löschen
  2. Desde que sejam valiosos para nós!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Pelo que soube estes livros também são valiosos para outros.

      Abraço, Rosa dos Ventos!

      Löschen

Kommentar veröffentlichen

Beliebte Posts aus diesem Blog

CRIANÇA DE 12 ANOS MORTA

mercadores de gelo