"O complexo Baader-Meinhof", do jornalista Stefan Aust, foi adaptado para o cinema!

O filme conta a história real do RAF, grupo terrorista que actuou na Alemanha de 1970 a 1977.
A Facção Exército Vermelho (em alemão, Rote Armee Fraktion ou RAF), também conhecida como Baader-Meinhof, foi uma organização guerrilheira e terrorista alemã de extrema-esquerda, fundada em 1970, na antiga Alemanha Ocidental, e dissolvida oficialmente em 1998. Recebeu a alcunha Baader-Meinhof, depois que Andreas Baader escapou da prisão em Berlim a 14 de Maio de 1970, graças à ajuda da jornalista Ulrike Meinhof.
Sob o pretexto da realização de uma entrevista com Andreas Baader, Ulrike Meinhof visitou a prisão, enquanto Gudrun Ensslin e outros membros de Facção Exército Vermelho deveriam libertar Baader. O plano não correu como se esperava, tendo Andreas Baader e Ulrike Meinhof acabado por ter que escapar por uma janela.
No dia seguinte, o seu nome surgia nos jornais, sendo classificada como perigosa criminosa. Era oferecida uma recompensa de 10 mil marcos para quem fornecesse informações sobre o seu paradeiro.
O passado terrorista da RAF, com um total de 34 vítimas mortais, ainda desperta interesse no país, continuando a alimentar inflamados debates na TV.

Kommentare

  1. Teresa,
    Mil desculpas!
    Ando tao perturbada pelo pelo TCC.
    Vc me puxou a orelha, e é verdade, vivo esquecendo os selinho, preciso me organizar melhor.
    Me confirma, o selinho é o da tolerancia, certo?
    Se for ainda esta semana eu o posto.
    Beijos e boa semana.
    Aline

    AntwortenLöschen
  2. Ainda me lembro de ouvir falar deste grupo terrorista. Mas, para ser sincera, radicais destes, que se afirmam de esquerda ou de direita, raramente me parecem professar qualquer ideologia - são criminosos, sem qualquer respeito pela vida humana!

    A sigla RAF, que me espantou, normalmente designa a Royal Air Force, a aviação inglesa. Aqui o grupo era mesmo mais conhecido como Baader-Meinhopf.

    Beijocas!

    AntwortenLöschen
  3. Este grupo alimentou as ilusões de muito esquerdista hoje convertido à economia de mercado no seu modelo mais selvagem.
    Espero poder ver por cá essa série...

    AntwortenLöschen
  4. Olá Teresinha

    Mais uma vez obrigada pelo selinho. Já o levei e respondi ao desafio. Espero com ele ter dado mais um pouco de mim.
    Beijinhos
    Licas

    AntwortenLöschen
  5. Você também assistiu?

    Nossa, fiquei de queixo caido de tao bom que o filme foi.

    Muito difícil essa época na Alemanha, mas o filme é muito, muito bom mesmo.

    Beijao

    AntwortenLöschen
  6. Oh Teresa... fez-me recordar o realizador alemão que se suicidou há alguns anos e que tinha uma visão particular sobre os Baader-Meinhof: Rainer Werner Fassbinder.
    .
    Meu Deus já morreu há quase 30 anos... como o tempo voa!!!

    AntwortenLöschen

Kommentar posten