«A angústia do guarda-redes antes do penalty»


Desde o início dos encontros do Círculo Literário em 2009, tento convencer os membros do Círculo a lermos um livro do autor austríaco. A maioria recusou por motivos políticos: Peter Handke causou controvérsia pelas suas declarações anti-OTAN e a favor da Sérvia. Partidário do tirano Slobodan Milosevic, fez discurso no seu enterro e negou o genocídio dos muçulmanos bósnios. Em Abril de 1999 voltou a reafirmar a sua oposição à política belicista da OTAN e aos ataques a Belgrado.
Após a entrega do Prémio Nobel consegui o meu intento. A apresentação ficou a meu cargo, tendo lugar hoje, em Düsseldorf.

«Die Angst des Tormanns beim Elfmeter» | «A Angústia do Guarda-Redes Antes do Penalty» — que serviu de guião a um filme de Wim Wenders — retrata o drama do canalizador, Josef Bloch, antigo guarda-redes, que erradamente, pensa que foi despedido. Esse erro, ou mais precisamente, a falsa interpretação de um gesto, é o tema central do romance. O desempregado ronda pelas ruas de Viena, cinemas, cafés, estádios de futebol. Ele dorme com Gerda — a empregada de caixa do cinema. E estrangula a rapariga na manhã seguinte.

     Para o próximo encontro do Círculo Literário a 06 de Março de 2020, em Düsseldorf, vamos falar da novela de Theodor Fontane: Der Stechlin  

Kommentare

  1. E que tal a escrita do senhor? Se a Teresa insistiu tanto nele será por lhe reconhecer qualidade.
    Não me ligo a dados biográficos para avaliar o que leio. Mas a forma como as histórias são contadas é-me importante.
    Por exemplo, gosto da forma como escreve Olga...a outra vencedora do Nobel.
    Bom fim de semana, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A escrita de Peter Handke lembra-me o jogo de palavras de Ludwig Wittgenstein, um dos meus filósofos favoritos.

      Até agora li apenas um livro de contos da autora polaca, que não me encantou. À minha espera tenho o livro UNRAST, publicado em 2007 na versão original com o título BIEGUNI 📚

      Löschen
  2. Para que passe apressado
    lhes digo
    OTAN é o mesmo que NATO

    AntwortenLöschen
  3. O Pensamento é a única Liberdade que existe. Os problemas surgem quando se mostram á luz do dia e os outros espíritos pensantes não os toleram. Coisas!...


    Beijo
    SOL

    AntwortenLöschen
  4. Antworten
    1. Sou uma grande admiradora da escrita de Peter Handke 💙

      Löschen
  5. Não excluo das minhas leituras bons escritores e livros em função das suas ideias más ou por estas serem contra os meus princípios políticos, religiosos ou morais, mas a verdade é que nunca li nada relativamente à obra de Handke que me cativasse para a sua leitura. Pode ser que ainda venham a convencer a lê-lo.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Foi uma luta tremenda, convencer os membros do Círculo Literário a ler pelo menos um livro de Peter Handke. Venci a luta‼

      Löschen
  6. Não conhecia. A escrita é interessante?

    AntwortenLöschen
  7. Se a escrita é interessante... para mim é razão bastante. Questões políticas ou de outra ordem não me fazem retirar um autor da "lista"...

    Fez bem insistir se a escrita assim o justifica... e as reações após a leitura?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. As reações durante o encontro foram mais favoráveis do que eu esperava; também me esforcei ao máximo para conseguir que compreendessem a mensagem do livro.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen