Ai Weiwei: um artista e a política


 «Sei como é quando não se tem voz, quando somos vistos como estrangeiros e nunca temos esse sentimento estabelecido quando não estamos em casa. Então isso é claro, e isso é absoluto. Sinto, também, que qualquer imigrante, não apenas imigrantes, mas qualquer pessoa cujos Direitos Humanos tenham sido violados, qualquer pessoa que não tenha liberdade, será grata se outra pessoa estiver a tentar dar-lhes voz»

Os museus K20 + K21 em Dusseldorf apresentam a maior retrospetiva da obra do artista e ativista chinês Ai Weiwei, na Europa. A exposição percorre quatro décadas e assume o título «Tudo é arte. Tudo é política»
Fotografias, esculturas, filmes e instalações de grande formato sobre a perseguição política, a situação dos refugiados e as violações dos direitos humanos na China, para ver até 1 de setembro de 2019. 
Na última semana, os museus abrem as suas portas até às 20:00 horas.

O arquitecto, artista plástico, pintor, realizador e activista AI Weiwei é considerado um dos nomes mais importantes da arte contemporânea, enquanto que, na minha opinião, o artista chinês é sobreestimado.

Kommentare

  1. "qualquer pessoa cujos Direitos Humanos tenham sido violados, qualquer pessoa que não tenha liberdade, será grata se outra pessoa estiver a tentar dar-lhes voz"

    Vou procurar saber mais sobre Ai Weiwei mas, o que disse marca toda uma forma de estar, valores que devem continuar a ser colocados lá bem no alto...

    Beijinhos

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Aí Weiwei bem consciente do poder da sua assinatura como dissidente chinês, é uma 'pop star' do mundo de arte, muitíssimo atarefado em inaugurações constantes e sempre disponível para 'selfies' com os seus admiradores. O valor que ele coloca bem no alto é a sua vida artística‼

      Löschen
  2. Ai Wei Wei continua s ser um incómodo para Pequim. Sobretudo a Pequim de Xi Jinping.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um incómodo para Pequim‼
      Um incómodo para Berlim‼‼

      Löschen
  3. Do que deixou dito no post, parece-me que a voz de Wei Wei se identifica com a voz do homem e que a luta que trava não é apenas individual. Se alia a acção ao pensamento, então, é admirável. Da sua arte nada sei. Não sei se tudo é arte, mas concordo e parece-me natural que tudo seja político.
    Bom Dia:)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Se tudo é arte depende do conceito que cada um de nós tem de ARTE‼

      Não quero ser injusta com Aí Weiwei‼ A luta que ele trava é simplesmente individual, penso eu‼ A sua imagem está no centro da exposição e o resto é paisagem.

      Löschen
  4. Para mim um desconhecido...sou tão ignorante! :(

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Li algures, que o artista e activista Aí Weiwei está em Portugal a preparar intervenção‼

      Continuação de bom fim-de-semana 💙 com ou sem abóboras‼

      Löschen
  5. Não conheço o artista nem a sua obra mas se é aqui exibido é porque o merece e a sua obra é um ex-libris para a humanidade

    Beijinho.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não acredito, que a obra de Aí Weiwei seja um ex-líbris para a humanidade‼
      A publicação AQUI, é simplesmente um relato da retrospectiva que visitei na última quarta-feira‼

      Continuação de um fim-de-semana borbulhante 💙

      Löschen

Kommentar posten