Morreu Agustina Bessa-LuĂ­s đŸŒč

Kommentare

  1. O meu profundo lamento!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Eu sei que Agustina Bessa-Luís jå tinha 96 anos, todavia, a sua morte deixou no meu coração uma tristeza profunda.

      Löschen
  2. NĂŁo conheço escritora que se lhe compare em Portugal. HĂĄ-de haver outras, mas estĂŁo ainda a fazer-se. Lamento-lhe a morte como lamento a perda da lucidez, do seu lado satĂ­rico, a quase diversĂŁo no desenho das personagens. E como conhecia o espĂ­rito portuguĂȘs! Acho que Ă© tempo de começar a lĂȘ-la com calma, aprender a gostar do valor que sempre lhe reconheço.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Faço minhas as suas palavras, bea.
      Por enquanto nĂŁo tenho mais palavras.

      Löschen
  3. Era uma morte anunciada hĂĄ muito mas deixa-nos sempre perplexos.
    Agarrei em "A Sibila" e estive a reler algumas pĂĄginas, fez-me recuar uns bons anos!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Embora, Agustina Bessa-LuĂ­s estivesse afastada da vida pĂșblica hĂĄ mais de uma dĂ©cada por razĂ”es de saĂșde, a notĂ­cia da sua morte provocou em mim um estado de choque emocional.

      Löschen
  4. Perdeu-se mais uma Grande Senhora. :(
    A literatura fica mais pobre.

    Bjos
    Votos de uma Ăłptima Segunda - Feira.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A morte de Agustina Ă© uma irreparĂĄvel perda da literatura portuguesa.

      HĂĄ diversas formas de loucura. A minha Ă© cair numa espĂ©cie de depressĂŁo, ao saber da morte de uma mulher e escritora, que eu admiro desde a minha adolescĂȘncia.

      Löschen
  5. Um dia,
    Falando nĂłs de Sophia
    dizias-me
    a desproposito
    que ela nunca fora traduzida
    para alemĂŁo. E Sibila,
    essa obra considerada a maior
    de Agustina?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. HĂĄ muita gente a dizer que Sibila nĂŁo Ă© a melhor obra de Agustina. E parece que ela prĂłpria o pensava. No vasto espĂłlio literĂĄrio que nos deixa devem existir vĂĄrias obras maiores. Penso eu, que nĂŁo sou leitora inveterada de Agustina, mas lhe reconheço uma inteligĂȘncia e capacidade literĂĄria de excepção. Ela criou o mundo das letras em que navegou. E isso sĂł alguns escritores conseguem.

      Löschen
    2. Falando de Sophia, que tanto gostava de dizer mal das suas colegas como da NatĂĄlia Correia ou da Maria Judite de Carvalho. Claro que nunca se atreveu a dizer mal da Agustina Bessa-LuĂ­s, embora ela fosse uma mulher da Direita.

      Na minha estante encontra-se o romance "A Sibila" na tradução alemã.

      Löschen
    3. Agustina Bessa-Luís, a maior romancista portuguesa do século XX. A minha escritora de eleição. Amei a leitura de toda a sua obra incondicionalmente. AGUSTINA, SEMPRE!

      Löschen
  6. Uma notĂ­cia profundamente triste!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Desapareceu aos 96 anos a grande dama da literatura portuguesa. A sua morte entristeceu o meu coração, como se ela fosse uma pessoa da minha família.

      Löschen
  7. Partiu a criadora fica para sempre a obra.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Embora, tanto a autora como a sua obra sejam imortais, hĂĄ sempre uma tristeza na ausĂȘncia de uma mulher tĂŁo genuĂ­namente nortenha.

      Löschen
  8. "Fim - o que resta Ă© sempre o princĂ­pio feliz de alguma coisa.", disse ela.
    Agora sĂł nos resta reler.
    Beijo.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando li a notĂ­cia da morte da Agustina Bessa-LuĂ­s estava com "Camilo GĂ©nio e Figura" na mĂŁo, livro que recebi de prenda no inĂ­cio de Maio.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen