O sorriso irresistível de Juliette Binoche


O júri da 69ª Berlinale, encarregado de escolher os Ursos de Ouro e Prata, é presidido pela atriz francesa Juliette Binoche. O corpo de jurados, composto de três mulheres e três homens, inclui ainda a atriz alemã Sandra Hüller (As faces de Toni Erdmann) e a realizadora e produtora Trudie Styler (Freak Show).
Dieter Kosslick, declarou estar muito feliz por Juliette Binoche retornar ao festival numa função diferente e acrescentou que o evento tem uma sólida relação com a atriz francesa, que ganhou um Oscar de melhor atriz secundária em 1997 pelo O paciente inglês, desempenho pelo qual também foi premiada em Berlim. 
"Obrigada por esta grande honra e pelo convite para a sua última Berlinale, querido Dieter, isso significa muito para mim", escreveu Juliette Binoche numa resposta pessoal ao organizador. "Eu farei o meu trabalho com muita alegria e atenção."
O festival berlinense destacou que a atriz natural de Paris "foi a primeira europeia a ser premiada nos festivais de Berlim, Veneza e Cannes" e lembrou que "ela cativou o público e os críticos em mais de 70 filmes". 
Entre outros, Juliette Binoche recebeu o prémio Felix (posteriormente chamado de Cinema Europeu) em 1992 por Os amantes de Pont-Neuf (1991) e os de melhor atriz no Festival de Veneza em 1993 por A liberdade é azul, e em Cannes em 2010 por Cópia Fiel. Em 1985, interpretou Rendez-Vous, de André Techiné, filme que foi muito elogiado pela crítica no Festival de Cannes e pelo qual recebeu o Prémio Romy Schneider como a atriz mais promissora do ano.


Kommentare

  1. Parece-me uma excelente aquisição no painel de jurados :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A estrela da BERLINALE 2019 é a maravilhosa JULIETTE BINOCHE 🐦

      Löschen
  2. Kosslick pode ser criticado pela falta de qualidade artística da competição, mas não na escolha de membros do júri.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. As mulheres terão destaque especial no 69° Festival Internacional de Cinema de Berlim, sendo a bela JULIETTE BINOCHE a cereja em cima do bolo 🐦

      Löschen
  3. Muito justa essa escolha da Juliette Binoche para Presidente do juri da 69ª Berlinale !
    Como actriz, sempre a adorei e realmente o seu sorriso , extraordinário de belo e de serenidade !
    Um filme com ela, tem sido sempre um tempo bem empregado !
    Saliento, dos que vi e me lembro : Chocolate, O Paciente Inglês, A Insustentável Leveza do ser, Cópia Certificada, ...

    beijo, Te :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um sorriso belo, sereno, distante.

      Claro está que vi todos os filmes aqui mencionados. Penso mesmo, que vi todos os filmes da Juliette Binoche, sendo AZUL um dos meus favoritos.

      Beijinho cinematográfico do ursinho berlinense 🐻

      Löschen
  4. Como membro do Júri não sei, mas como actriz é soberba, do melhor que a França tem. Além do mais, é bonita e tem um ar sul europeu muito atraente. Tem um sorriso que emana calor.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Juliette Binoche tem sangue cinematográfico com um pai realizador, ator e escultor. A beleza é de origem polaca da parte materna.

      Ela vai dar conta do recado, disso tenho eu a certeza 🐦

      Löschen
  5. Gosto muito de Juliette Binoche e vi-a em alguns filmes já referidos!
    Parece-me uma excelente opção como membro do Júri.

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Há tantas atrizes de quem eu gosto e a Juliette Binoche é uma delas.

      Abraço do ursinho berlinense 🐻

      Löschen
  6. Uma personalidade de excelência de mulher e actriz. Finalmente se vai concluindo da necessidade de igualizar @s Juízes destes (e doutros) eventos. Seja feita Justiça e dignifiquem-se pessoas de valor.
    Alegra-me a decisão e a escolha.

    Beijo
    SOL

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não é a primeira vez que Dieter Kosslick escolhe uma MULHER como presidente do júri. Na BERLINALE de 2016 Meryl Streep foi a presidente do júri.

      Saudações cinematográficas do ursinho berlinense 🐻

      Löschen
  7. Também gostei muito de a ver no filme “Chocolat”.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Vi o filme "Chocolat" na BERLINALE, dessa vez não me encantou. Como tenho o DVD, que me ofereceram mais tarde, vou vê-lo nos próximos dias, caso tenha tempo 🐦

      Löschen
  8. Gosto imenso da actriz francesa, mas, curiosamente, só vi dois filmes seus. "O Paciente Inglês" e "Chocolate", este, mais até porque muito antes já havia lido o livro da escritora inglesa Joanne Harris.
    Como sempre acontece, o filme fica muito aquém do livro. Pelo menos no meu parecer. Apesar de se dizer que uma imagem vale mais do que mil palavras.

    Mas o tema é sobre o sorriso de Juliette, que sempre me pareceu muito enigmático, qual Mona Lisa. Já reparaste que a actriz raramente sorri abertamente?
    Quanto à escolha da BERLINALE, certamente não poderia ter sido melhor. Todos de acordo!

    Bom fim-de-semana, Teresa.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O tema não é o sorriso de Juliette Binoche!!!

      Com mais de 40% dos filmes na competição principal realizados por mulheres. BERLINALE estabelece recorde entre os grandes festivais internacionais de cinema. Juliette Binoche preside o júri, e retrospectiva destaca mulheres cineastas.

      MULHERES marcam presença no Festival Internacional de Cinema de Berlim 2019 🐻

      Também para ti um ótimo fim-de-semana, Janita 🌷

      Löschen
  9. sem dúvida um sorriso encantador


    Feliz fim de semana

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O teu sorriso é também encantador, penso eu, Vanessa Flor!!!

      Beijinho do ursinho berlinense 🐻

      Löschen
  10. A Juliette Binoche é uma das minhas actrizes favoritas, sem desprimor de muitas outras. Uma certa atracção pelas mulheres aparentemente frágeis !
    Excelentes interpretações na sua carreira cinematográfica, entre as quais se salienta o "Paciente Inglês" !

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Juliette Binoche uma mulher aparentemente frágil?
      Estás a brincar, Ricardo?

      Atualmente, podes vê-la nos filmes "High Life" de Claire Denis, e "Doubles vies" de Olivier Assayas. Ambos os filmes de 2018.

      Löschen
  11. Penso eu que ela inteira parece ser uma mulher irresistível, e sim, incluindo o sorriso. :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Um sorriso irresistível!
      Uma atriz irresistível!
      Uma MULHER irresistível!

      Löschen

Kommentar posten