Cavalleria rusticana / Pagliacci


Hoje, noite de ópera.
Vi Cavalleria rusticana de Pietro Mascagni e Pagliacci de Ruggero Leoncavallo.
As duas obras, desde sempre inseparáveis, partilham concisão dramática, riqueza melódica e contam duas histórias sombrias sobre amores apaixonados que se transformam em ciúmes violentos.
Enquanto que Pietro Mascagni adaptou a novela homónima de Giovanni Verga, Pagliacci é baseada numa história verdadeira.
Paixões | obsessões mortais!!!

Kommentare

  1. Antworten
    1. Claro que já conhecia estas duas óperas italianas.

      Não conheço a ópera que vou ver em Março. "Pena que sejas uma puta" um título estranho para uma ópera. Morro de curiosidade 🐦

      Löschen
  2. https://youtu.be/-_aj4X04EBU

    E o tanto que me comove...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Ao sair da ópera e esbarrei com dois "sem abrigo", pensei em ti, camarada Rogério.
      Enquanto, que eu dou €90 por um bilhete, há pessoas que não têm casa. Para acalmar a minha consciência digo para comigo, que a sociedade alemã dá oportunidades a todos e, que é o álcool que deita essa gente para a rua. Será verdade?

      Beijinho 🐦 agradecendo o link.

      Löschen
  3. Quando ouço Vesti La Giubba fico arrepiado.
    Cantada e interpretada por Pavarotti então é soberbo.
    Boa semana

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A interpretação de Luciano Pavarotti é absolutamente brilhante.
      O espetáculo de ontem também me causou arrepios. Cantores com vozes sensacionais, não esquecendo as vozes do coro.

      Ótima semana 🐦

      Löschen
  4. Bom dia simpatia. É claro que sou uma "analfabeta" no que diz respeito à sua publicação. Mas as histórias são interessantes. O amor é lindo, mas com ciumes violentos não é amor. :)) Aprecio-a MUITO.
    :))

    Hoje:- Sou tudo, sou nada. Sou o coração vadio.

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda - Feira.


    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Ciúme não é amor, é simplesmente o amor próprio ferido.
      Antes um coração vagabundo | vadio 💓 do que um coração ciumento.

      Ninguém precisa de gostar de ópera, Larissa.

      Beijinho de Düsseldorf 🐦

      Löschen
  5. Ainda foi na semana passada que estava a falar com uma amiga que tinha ido à ópera com o marido e confirmámos que a ópera continua a ser um espectáculo de elite. Os bilhetes ainda são muito caros com a exceção para os que têm menos de 30 anos. O que não é o meu caso!! 😊 O meu filho e a mulher aproveitaram bem até ao ano passado.
    Para te dar uma ideia. Os preços vão de $137.00 (as piores filas que não interessam) a $869.00.
    Os de $200.00 - $206.00 (+/- Euros 134) já são lugares mais “decentes”. : )

    Preços para quem quer ver Otelo em abril.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Os preços variam conforme as óperas. Ou, mais precisamente, os bilhetes para as óperas de Richard Wagner são mais caros do que para as óperas que vi ontem. Os estudantes até aos 27 anos só pagam metade do preço. Os desempregados ou os menos favorecidos têm entrada de graça.

      No dia 17 de Abril 2019 quero ver OTELO, embora ainda não tenha bilhete.

      Löschen
    2. Sim, os preços que mencionei são para Otelo que se esgotam muito rapidamente.
      Quando vou assistir aos concertos da Filarmónica de Etobicoke, onde apresentam sempre algumas árias, os preços são muito mais acessíveis e apesar de serem "amadores", têm muitos anos de experiência e são excelentes. Mas estes espetáculos são a nível comunitário e não requerem o “vestir a rigor”. Há “refreshments” nos intervalos, mas não temos cocktails ou champanhe. : )

      Löschen
    3. Aí os "refreshments" são gratuitos?
      Aqui, no intervalo, temos várias opções de bebidas à nossa disposição. Embora os preços sejam elevados, se não me apresso, não consigo beber a taça de champanhe habitual.

      Até ao fim da época de inverno quero ver ainda 4 óperas.

      Löschen

  6. Gosto e aprecio ópera, acho que estou a passar esse gosto a minha filha.
    Bjs

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Curiosamente, conheço várias casas de ópera na Europa, todavia não conheço o Teatro Nacional de São Carlos. Aproveite na companhia da sua filha.

      Saudações cordiais de Düsseldorf 🐦

      Löschen
  7. Caros amigos leitores!

    Agradecendo as vossas visitas, convidamos-vos hoje a ler o capítulo 8 do nosso conto escrito a várias mãos "Ecos de Mentes". Esta semana pela mão da Fernanda Simões, interpretando Sebastião.
    https://contospartilhados.blogspot.com/2019/02/ecos-de-mentes-capitulo-8.html

    Com votos de uma excelente semana,
    saudações literárias!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Gostei de ler a história do homossexual Sebastião pela mão de Fernanda Simōes. Uma história tão verdadeira e atual que até arrepia.

      Saudações cordiais de Düsseldorf 🐦

      Löschen

Kommentar posten