"Até um dia, num qualquer IQ 84, em convívio com Murakami."


CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA — CRÓNICAS DO ROCHEDO

Kommentare

  1. o nada humano é sempre alguma coisa. E julgo que já comentei este post. Ou sonhei que sim.

    AntwortenLöschen
  2. O nada esconde tanta, mas tanta coisa!

    AntwortenLöschen
  3. Mais uma morte trágica que se lamenta ! :(

    AntwortenLöschen
  4. Julguei que o meu luto
    tinha ficado
    assinalado

    repito o tanto que o estimava
    trazendo-o para o meu espaço

    https://conversavinagrada.blogspot.com/search?q=Rochedo

    AntwortenLöschen
  5. Partiu e está a repousar.
    Acordei no sábado com o mail que dava a triste notícia.
    Boa semana

    AntwortenLöschen
  6. Mas afinal quem é que morreu por aqui???...

    AntwortenLöschen
  7. Soube pelo Facebook da Flor de Jasmim (Adélia) e fiquei siderada, o meu afastamento da blogosfera levou-me a desconhecer a luta do nosso amigo Carlos!

    Abraço

    AntwortenLöschen
  8. Triste demais para ser verdade, Teresa ! ... Infeliz o meu regresso à blogosfera !
    Estive a reler o seu último post e achei-o agora ainda mais extraordinário !

    É que por vezes vemos lamechices. :( Pessoas que se queixam por tudo e por nada !
    Não foi de facto o caso. Ele sentia-o bem e com que serenidade e realismo, capacidade de encaixe do infortúnio no-lo transmitiu !

    Mais um Amigo que lamentavelmente, se foi ! ... É triste .

    AntwortenLöschen
  9. Sei que não querias comentários aqui... mas quero apenas deixar-te um beijinho com amizade.

    AntwortenLöschen
  10. Estou triste demais para responder aos vossos comentários.
    Embora tenha sido uma amizade virtual intensa e conflituosa (o Carlos atacava constantemente a minha segunda pátria), foi uma amizade que durou mais de dez anos.
    Estou triste demais...

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen