uma pergunta pertinente 💓

Enviado via iPad pelo Henriquamigo

Kommentare

  1. Antworten
    1. Então, neste caso é imprescindível saber quem é a Maria!

      Löschen
  2. As mulheres são terríveis!! :)))))
    Bjs, boa semana

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. E o marido não perguntaria à mulher, quem foi o *João* que a levou ao hospital?

      Boa semana sem atropelamentos 😎

      Löschen
    2. OK, confesso que há já uns bons anos, quando começámos a viver juntos, a minha mulher teve uma indisposição.
      E telefonaram-me a dizer que tinha ido para casa levada por um gabarolas que eu não gramava.
      Fui para casa ver como ela estava e pôr o gajo na alheta.
      Depois de ela estar bem disposta, depois de, sublinho, perguntei se não havia mais ninguém para a levar a casa.

      Löschen
    3. Vê, Pedro, também foi picado por aquele bichinho chamado CIÚME!

      Löschen
  3. Muitíssimo pertinente, até!!
    E toda a pergunta quer resposta...:)

    Beijo, boa semana.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. NUNCA fui ciumenta, todavia, mais tarde ou mais cedo, também perguntava quem era a Maria.

      Beijocas grandes da amiga de sempre 😘

      Löschen
  4. Pois !... embora não acredite que todas as mulheres sejam assim ! :)

    AntwortenLöschen
  5. Esta já conhecia e achei-lhe imensa graça. Claro que há exceções e o contrário também acontece, mas ficou uma caricatura engraçada :p

    r: Sobretudo, quando as pessoas não querem ver esses sinais
    Acho que te vou desiludir, porque aquele é apenas um texto solto, que dificilmente terá continuação. Mas não digo nunca a essa possibilidade

    Tem tanto de «duas caras» como de incoerente. Abre o jogo, sim, mas nem por isso deixar de agir de uma forma contraditória. Além de demonstrar que não se preocupa minimamente, mas, no fim, há esse tal aviso para que ele se afaste o quanto antes

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também perguntavas quem era a Maria?

      As personagens mais interessantes da literatura mundial são egoístas, contraditórias, destruidoras como, por exemplo, a Madame Bovary ou a Milady de Winter. Enquanto, que morremos de tédio com a Constança (refiro-me à personagem do romance "Os 3 Mosqueteiros").

      De qualquer modo, tu tens potencial e a liberdade de escrever o que te apetecer.

      Löschen
  6. Minha querida Teresinhamiga

    Como fui o transmissor da estória não comento a ocorrência (como diriam a PSP ou a GNR) mas há cada uma que cada duas são um par...

    kleine Käse
    Henrique, o Leãozão

    AVISO

    Já se encontra na Nossa Travessa o episódio n.º 12 da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE cujo título é Entre dois dias: um louco amor e um suicídio. Tenho de avisar que ele contem cenas eventualmente chocantes por serem eróticas que podem ferir pessoas puritanas ou mesmo falsas puritanas.


    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Tenho que te avisar que as cenas do filme "O Último Tango em Paris" são muitíssimo mais chocantes e eróticas.

      Não te zangues com os meus comentários, Leão do Lumiar. É simplesmente, a minha modesta opinião sobre a "dama das camélias" e o seu Armando. Já considero o Frederico um tipo porreiro.

      Löschen
    2. Bom dia. O amor é louco não façam pouco desse loucura...

      Löschen
    3. Pelo contrário, Gil, eu elogio essa loucura.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen