A tragédia de uma japonesa


O Japão era um país totalmente isolado do resto do mundo, até que por volta de 1870 um presidente americano mandou uma expedição de reconhecimento a Sua Majestade Imperial, cujo intuito era forjar laços de amizade com o Império do Sol Nascente. Nas décadas que se seguiram, vários oficiais da marinha americana visitaram o Japão e contraíram matrimnios temporários com jovens japonesas. A história de Cio-Cio-San — Butterfly — baseia-se em factos reais, e descreve as trágicas consequências de um desses matrimônios contraídos com leviandade.
Com o libreto de Giuseppe Giocosa e Luigi Illica, Madame Butterfly é uma das mais conhecidas de Giácomo Puccini.

Kommentare