Marcha de Radetzky


"Era assim naquela altura. Tudo que crescia precisava de muito tempo para crescer; e tudo o que desaparecia precisava de muito tempo para cair no esquecimento. Mas tudo o que alguma vez tivesse existido deixava vestígios e vivia-se de recordações, como hoje em dia se vive da capacidade de esquecer rápida e forçosamente." (p. 109)

Escolhemos Marcha de Radetzky para o 64° encontro do Círculo Literário em Hösel.
O romance, publicado em 1932, do autor austríaco Joseph Roth, narra as acções bem intencionadas que levam ao declínio e queda da família Trotta e do Império Austro-Húngaro.

Para o próximo encontro do Círculo Literário em Düsseldorf, a 12 de Janeiro de 2018, escolhemos a peça. brechtiana "Der gute Mensch von Sezuan" que o dramaturgo alemão qualificou como uma fábula.

Kommentare

  1. Parece-me um romance interessante.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. É um dos mais importantes romances de língua alemã.

      Löschen
  2. Antworten
    1. Em 28.11.2001, o escritor peruano Mario Vargas Llosa classificou Marcha de Radetzky como o melhor romance político que já fora escrito, numa entrevista no programa de TV nos EUA, Charlie Rose.

      Também uma boa semana para si, Pedro.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen