Finalmente...


Bob Dylan recebeu, este sábado em Estocolmo, o Prémio Nobel da Literatura, que lhe foi atribuído em Outubro do ano passado. O encontro aconteceu num hotel próximo do local onde o músico actuou esta noite, foi discreto e não contou com a presença de qualquer meio de comunicação social. 
O álbum "Triplicate", de três discos foi lançado a 31 de Março.
"Estas canções são para o homem da rua, o homem comum, a pessoa quotidiana. Talvez seja um fã de "Bob Dylan", talvez não, eu não sei".

Kommentare

  1. Realmente estava difícil, mas já o recebeu e por mim mereceu-o.

    Um beijinho e boa semana

    O Toque do coração

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Contudo, a parte monetária do Nobel, no valor de 8 milhões de coroas suecas (aproximadamente 837 mil euros), só lhe será entregue quando Bob Dylan fizer um discurso à academia, o que ainda não aconteceu, mas mais tarde e através de uma gravação.

      Löschen
  2. Algo arrogante, não?!
    (Como não gostei da atribuição deste prémio, também não gostei deste gesto do premiado. Além de que nunca fui fã de Bob Dylan...)
    Enfim!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também não gostei da atribuição deste prémio a Bob Dylan, Graça.
      Sim, gostei do gesto discreto do premiado — sem a presença de qualquer meio de comunicação social.

      Löschen
  3. Eu achei a atitude bonita. Sem estrilho ou manchetes. Quanto a ser nobel já me pronunciei não sei onde, mas penso igual.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Uma atitude a meu gosto!

      "Longe vão os tempos da previsibilidade. Mas a verdade é que esperar qualquer coisa - mesmo sendo coisa boa e de qualidade - não nos descansa. Sempre pensei em Bob Dylan do lado da música. Mas talvez seja conveniente mudar o nome ao prémio. Ou defini-lo de forma mais abrangente. De repente, fiquei com pena dos escritores, até me parece que se sintam ofendidos."

      Foram as palavras que a bea aqui escreveu no dia 13 de Outubro de 2016 às 19,20.

      Löschen
  4. Sem grande alarido. Gostei.
    E também gostei deste novo modelo, embora a cor cinzenta seja um pouco mais triste.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quem diz A também pode dizer B. Não gostei da atribuição do Prémio Nobel a Bob Dylan. Entretanto, a atitude discreta do norte-americano fez-me mudar de opinião.

      Estou a ficar daltónica? Eu vejo um azul desbotado, mas azul e não cinzento.

      Löschen
  5. Alguém duvidava que Bob Dylan deixasse de receber prémio?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Sim, pensei que Bob Bylan seguisse as pisadas de Jean-Paul Sartre.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen