Funny Barbra


       O romance entre Barbra Streisand e Omar Sharif durante as filmagens da película Funny Girl provocou uma manifestação ostensiva de desagrado e indignação, não por ela ser casada com o actor Elliot Gould e ele com a Faten Hamama, mas sim, por ele ser muçulmano e ela judia. 
       Funny Girl foi filmado em 1967 durante a Guerra dos Seis Dias, conflito armado entre Israel e os países árabes: Egipto, Jordânia e Síria, apoiados pelo Iraque, Kuwait, Arábia Saudita, Argélia e o Sudão. 
       Quando um jornalista perguntou à Barbra Streisand sobre a polémica levantada, ela respondeu: O Egipto está irritado? Devia ter ouvido o que a minha tia Sarah disse.

Kommentare

  1. Teresinhamiga

    Já sabia da estória e achei-lhe um piadão! De qualquer jeito muito obrigado por a lembrares, agora que o Omar Sharif acaba de falecer. Quando será que a paz voará para aquela região? Há sempre um caçador à espreita...

    kleine Käse

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Mas sabias que Omar Sharif era católico?

      Michel Demitri Shalhoub, mudou o seu nome quando se converteu ao Islamismo para se casar com Faten Hamama que também faleceu este ano, no dia 17 de Janeiro com 83 anos.

      Löschen
  2. ... e o grafismo está uma delícia!!!

    + kleine Käse

    AntwortenLöschen
  3. Não sabia dessa história de amor. Não dizem que o amor é cego?
    dois actores de grande talento. Omar era um homem muito charmoso.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. História de amor???
      Houve vários romances na vida da actriz e cantora Barbra Streisand.

      Em 1964, casou-se com o actor Elliot Gouldy, mas o divórcio veio logo depois que conquistou o Oscar, que recebeu pela a sua actuação no musical "Funny Girl", que foi a sua estréia no cinema.

      Löschen
  4. Não sabia desse romance, mas já se sabe que as estrelas são atreitas a eles quando contracenam em cenas mais calientes. Ou eram, que hoje em dia não estou muito a par... :)

    A saída está muito boa!

    Beijocas

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Os casos amorosos das estrelas não me interessam absolutamente nada, nem mesmo o romance do Brad Pitt com a Angelina Joli em 2005, durante as filmagens de Sr. e Sra. Smith, quando ele ainda estava casado com Jennifer Aniston, despertou a minha atenção.

      A resposta da Barbra Streisand ao jornalista é que achei muito espirituosa.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen