Crianças


Antes de me casar eu tinha quatro teorias sobre como educar os filhos. Agora tenho quatro filhos e não me resta nenhum teoria.

Bem educada?
Como tem de ser o comportamento de uma criança, para que se diga que é uma criança bem educada.

No sábado passado, dia dos anos da Lurée, estavam na festa 20 crianças: 18 crianças portuguesas e duas crianças alemãs — a Ema e a aniversariante.
Brincaram, jogaram segundo as mesmas regras ao sabor da imaginação, da criatividade.
Partilharam os mesmos gostos, as mesmas possibilidades de fruir o tempo da infância.
Encantaram-se e ficaram boquiabertas com a apresentação do ilusionista.
Ao longo da festa vimos que não há barreiras entre crianças, mesmo falando línguas diferentes.
Uma festa amena e muito divertida. 
O único traquinas era o Vasco, um traquinas de seis anos com muito charme.

Kommentare


  1. No que diz respeito a sociabilização e a relacionamentos, as crianças sempre tiveram muito mais facilidade em se relacionar do que os adultos. Os crescidos têm tendência a complicar tudo!!

    Beijinhos para ti e para as "piquenas"
    (^^)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando à noite telefonei para Portugal para dar os parabéns à Lurée, perguntei à mãe dela - influenciada pela crónica do Carlos "Mulheres" — como se tinham comportado as crianças convidadas.
      Eis aqui o fiel relato de uma festa que foi um verdadeiro sucesso.

      As criancinhas é que nos educam.

      Löschen
  2. Há linguagens universais e a das crianças é uma delas. Têm a capacidade de se entenderem independentemente dos seus antecedentes culturais e linguísticas. Ainda não têm “bagagem” que interfira no seu relacionamento com os seus amigos e amigas da mesma faixa etária. Já os adultos... : )

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Entretanto soube que a Ema comprou um livro para aprender comigo português quando chegar à Alemanha.

      Löschen
  3. Temos mesmo de aprender muito com as crianças ! Isso é irrefutável !!!

    AntwortenLöschen
  4. ~~~
    ~ Nem língua, nem cor de pele.
    ~ São coisas em que não reparam, até que um adulto
    se lembrar de adulterar a perfeita sociabilidade.

    ~~~~~~ Lindos os teus meninos! ~~~~~~~~
    ~~ Bjs ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~ ~ ~ ~ ~ ~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Os meus meninos ainda são mais lindos, Majo, só que estou proibida de publicar fotografias deles aqui ou noutro sítio.

      Bom fim de semana com muito sol e alegria.

      Löschen
  5. Seria bom que as tuas netas aprendessem português com a avó! Quando vierem a Portugal, sentir-se-ao muito mais integradas! Digo eu!

    Bom fim de semana, Teresa!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Tenho de copiar sempre os comentários porque não entram à primeira! Agora copiei apenas metade do comentário! Lamento, Ematejoca! :(

      Dizia no início que as crianças convivem muito melhor entre si, independentemente do idioma em que se expressam e do País onde vivem, se estiverem sozinhas sem a presença de adultos, que muitas vezes, interferem e complicam!
      Claro, terminei com a parte já publicada...

      Löschen
    2. Esperta como a Ema é, foi o que ela pensou: sentir-me-ei muito mais integrada em Portugal se aprender a língua portuguesa.

      Löschen
  6. "Ao longo da festa vimos que não há barreiras entre crianças, mesmo falando línguas diferentes."

    deixe-as crescer
    e vai ver...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Na nossa família não existem barreiras, portanto, elas vão continuar a ser assim, mesmo na idade adulta.

      Löschen

Kommentar posten