ação anti-tralha


Não sou a mulher mais organizada do mundo, mas também sou uma mulher organizada.
Comprei este livro porque no próximo domingo vou para a minha casa verificar se cada objeto que possuo está a cumprir o seu objetivo. Se está a guiar-me para o futuro ou 
a manter-me presa ao passado.
Apego-me ao passado porque tenho medo do futuro?
A regra de ouro é deitar tudo fora para quando os meus filhos chegarem nos fins de Junho encontrem um ambiente de tranquilidade e ordem —  onde se pode realmente viver melhor e passar umas boas férias.

Kommentare

  1. Apego-me ao futuro porque tenho medo do passado!

    Deitemos a tralha fora!
    Agora!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não sou mulher de me apegar, nem ao passado nem ao futuro, sou uma mulher que vive o presente.

      Deitemos fora também a "tralha" das nossas vidas. AGORA!

      Löschen
  2. Se arrumar a Vida fosse tão simples como se arruma a casa, a minha vida estava um brinquinho...

    Ao chegar, deita fora só mesmo o que não interessa, Ematejoca!

    Há um ditado que diz: "Quem Guarda, Acha".

    Beijos e espero que tenhas aproveitado bem o sol e as praias portuguesas, Amiga!

    :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Afinal, limpar a "tralha" das nossas vidas dá tanto trabalho que a maior parte de nós nem saberia por onde começar.

      A minha ideia de arrumação é livrar-me de todas as coisas desnecessárias, mesmo daquelas que ainda gosto.

      Continuo a aproveitar o nosso sol que me traz alegria. À praia só fui ontem.

      Mil beijinhos da amiga de muito perto.

      Löschen
  3. Há 12 anos deixei a minha moradia (onde moramos 5) e mudei-me para um apartamento, onde moramos 2 !
    É incrível como se pode juntar tanta quinquilharia e coisas sem interesse ao longo de trinta e tal anos !
    Confesso que foi preciso "ficar os olhos" e não pensar demasiado ! :))

    Um bom regresso, Teresa !

    Beijos ! :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando o meu marido partiu, não quis ficar na nossa casa de Düsseldorf, onde viveram seis pessoas e um gato. Fui então obrigada a separar-me de milhões de coisas.

      Hoje reconheço que os espaços bonitos e vazios causam mais felicidade, por isso, quero me libertar de todos os objetos que "atafulham" a minha casa de cá.

      Só regresso a Düsseldorf no dia 13 de Junho.

      Saudações ainda de Vila Nova de Gaia.

      Löschen
  4. Há mais de um ano que estou a tentar organizar a casa para um minimalist look. Lentamente vou-me desfazendo de muita coisa mas não consigo deitar fora (doar) aquilo que me faz recordar certas fases da minha vida. Estou como o rui, tenho que fechar os olhos. Tenho em cima da mesa da salina da cave 12 livros exactamente para fazerem parte da venda de garagem no sábado. De vez em quando desço e dou mais uma olhadela para ter a certeza de que é isso que quero fazer.

    Que esse livro te dê mais umas dicas. : )

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Duas almas habitam no meu peito: uma que ama o minimalist look; outra que quer guardar tudo como, por exemplo, as roupas do meu marido.

      Este pequeno livro vai dar-me força para executar a minha maratona de arrumação, ou mais precisamente, de eliminação.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen