O MUNDO EM QUE VIVO


Tenciono escrever regularmente sobre a minha vida em Düsseldorf sob o título O mundo em que vivo.
É uma homenagem à escritora Ilse Losa que escreveu O Mundo em Que Vivi, onde relata a sua vida na Alemanha antes de ser forçada a partir por ser judia.

Kommentare

  1. E eu estou cheia de curiosidade à espera que comece :)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Na segunda-feira publico aqui uma breve descrição sobre a aldeia onde vivo.

      Löschen
  2. Escreva, escreva

    Ainda mora
    naquela mesma rua, a tal que se fosse minha
    a mandaria ladrilhar com pedrinhas cor-de-rosa para o seu amor passar?

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Escrevia, escrevia.

      Só que não tenho a sua alma de poeta.

      Löschen
  3. ~ Que boa ideia, querida Teresa!
    ~ Vai mandando umas amostras para os amigos...
    ~ Desejo a maior força, inspiração e entusiasmo para este teu projeto.

    ~~~~~ Grande abraço amigo. ~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. As tuas palavras são música nos meus ouvidos, querida Majo.

      Que a escrita seja bálsamo sobre a ferida que tenho no meu coração.

      Bom fim-de-semana.

      Löschen
  4. Acho uma ideia muito interessante, Teresa desejo-te muitas felicidades nesse teu encontro com a escrita diária e com todas as tuas memórias...
    Fico esperando ansiosa.
    bjs

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não tenho tempo para uma escrita diária, Papoila, e a inspiração anda afastada de mim.

      Bejinhos e bom fim-de-semana!

      Löschen
  5. Parece que regressei à blogosfera no momento certo! Fico ansiosamente à espera dos primeiros episódios.
    Beijinho do seu amigo tuga.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Eu é que sou a amiga tuga!

      Será que o Carlos começou a gostar da Angie — a espiã que sabia de menos?

      Beijocas da amiga de sempre.

      Löschen
  6. Cá fico a aguardar, com grande expectativa, esses relatos sobre a tua vida nesse Mundo em que Vives!

    Beijinho, Ematejoca!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Não tenciono relatar sobre a minha vida, Janita, mas sobre o mundo que me rodeia.

      Abração da Teresa!

      Löschen
  7. Fico a aguardar por conhecer um novo mundo.
    Bjos

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O meu mundo não é novo, Catarina, mas é o mais excitante.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen