Tríade — Poder sem controlo


Na documentação que a ARD apresentou esta noite, 
Àrpád Bondy e o jornalista Harald Schumann analisam o poder sem limites da troica, agora chamada de instituições; as exigências e as medidas de austeridade impostas por Bruxelas.
Os funcionários da Comissão Europeia, do Fundo Monetário Internacional e do Banco Central Europeu formam um grémio, que não está previsto em nenhum contrato europeu. Eles nunca foram eleitos e não estão debaixo de nenhum controlo, no entanto, intervêm profundamente com diversas maneiras de chantagem na política dos países em crise.

A coragem de Alexis Tsipras e de Yanis Varoufakis ao desafiar os credores internacionais dá uma nova voz à Grécia.

Kommentare

  1. Antworten
    1. A vitória do Syriza abalou com o sistema europeu, Graça, e isso já é muito bom.

      Löschen
  2. ~ Sabes que estou de acordo contigo e com os gregos.

    ~ ~ São auspiciosas essas análises notíciosas. ~ ~
    ~~~~~~~~~~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Só é pena, que Portugal forme um "eixo contra Atenas" para fazer com que as negociações junto ao Eurogrupo fracassem.

      Saudações de Düsseldorf!

      Löschen
  3. Posso subscrever o comentário da Graça???
    Vocês sabem porquê...

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. As discussões entre o governo grego e as instituições vão começar hoje, em Bruxelas. Em paralelo, equipes técnicas das instituições serão recebidas em Atenas.

      Oxalá consigam!!!

      Löschen
  4. E dá também uma nova esperança à Europa. Pena Portugal ter deixado de ser um país europeu independente e estar subordinado às ordens de Herr Schaueble und Frau Merkel.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. A minha amiga Angie perdeu o interesse pelos países da crise e, virou-se para a Ucrânia.

      Não é o lobo alemão que vai decidir o destino da Grécia, Carlos, 27 países estão contra o novo governo grego e, um deles é Portugal.

      A Alemanha defende os seus interesses, mas Portugal está a afundar-se com a Grécia no mesmo barco.
      A posição do vosso actual governo contra Atenas não tem perdão.

      Löschen
  5. Jocamiga
    Aqui em Goa vou tentando seguir a saga da Grécia e vou alimentando a esperança na vitória do Syrisa. A Europa das troikas é criminosa, oligárquica e prepotente!

    Qjs

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Syrisa venceu as eleições na Grécia, Henrique.

      Os políticos gregos estão a dar provas de grande coragem ao enfrentar o sistema oligárquico europeu. Isso já significa uma enorme vitória.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen