MIRAGAIA


A Fernando João

Aqui, onde esta noite nunca cessa,
Foi Miragaia a minha Madragoa.
Aqui, em frente ao rio, oiço a promessa
Do mar que ajoelha, enquanto me atordoa.

Aqui, sei onde sangra o lábio oculto.
De quem me vê, até de olhos fechados!
E, como os cegos, reconheço um vulto, 
Pelo roçar dos dedos namorados...

Deviam chamar Pedro, em vez de Porto, 
Ao burgo, se é tal do meu tamanho!
Aqui

Nasci
Porém nasci já morto,
Imóvel, surdo, triste, mudo, estranho...

Deu-me Deus ele, apenas, por amigo.
Deitamo-nos cismando, lado a lado...

Seu corpo, rijo e nu, dorme comigo,
Mas fico, entre os seus braços, acordado.

Pedro Homem de Mello

Kommentare

  1. Gosto da poesia de Pedro Homem de Mello e lembro-me perfeitamente do seu programa na RTP.

    A foto está linda.

    Beijinhos, minha amiga

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Sempre gostei da poesia do Pedro Homem de Mello, mas não me lembro do seu programa na RTP.

      Tirei a fotografia em Junho. Desta vez não fui até Miragaia.

      Abraço-te com amizade, São.

      Löschen
  2. Antworten
    1. O poeta foi professor e folclorista português.
      Nasceu e morreu na minha cidade — no Porto.

      Löschen
  3. Muito bonito!! Parabéns pela escolha!
    Beijinho.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Há dias passei pela minha casa e encontrei um livro de poemas do Pedro Homem de Mello.

      Löschen
  4. O Pedro Homem de Mello ficou mal conhecido dos portugueses, pelos programas de folclore na RTP. É um excelente poeta !
    Aliás já não se fazem há muito tempo programas de poesia sobre a literatura portuguesa. Tenho saudades de ouvir, mesmo que seja repetido, João Villaret, Vitor de Sousa, Mário Viegas e tantos outros

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Nunca vi o Pedro Homem de Mello na TV. Mas desde a minha adolescência que leio a poesia do poeta.

      Tenho em Düsseldorf uma colecção de CDS, na qual João Villaret recita poesia portuguesa.
      Um encanto.

      Löschen
  5. Antworten
    1. É uma maneira de mostrar as minhas fotografias, Carlos.

      A fotografia em cima é de um quadro comprado na República Dominicana.

      Löschen
  6. ~
    ~ ~ Excelente homenagem ao Porto.

    ~ ~ Continuação de boas férias...

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~ ~ ~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Homenagem ao Porto e a um dos seus poetas.

      Não posso chamar férias às visitas que faço ao meu país, Majo.
      Estou a recuperar forças para o início da minha nova vida.

      Löschen
    2. ~ ~ Quando digo "excelente homenagem", já estou a homenagear também o poeta, além da autora do "post"...

      ~ ~ Dias de descanso e descontração sem trabalho, também são férias.

      ~ ~ Terás de contar aos teus amigos que mudança radical de vida é essa de que tanto tens falado...

      Löschen
  7. Andei por aí muito recentemente.
    E já tenho saudades
    BFDS

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Quando regressar a Düsseldorf também eu vou ter saudades.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen