O 37º encontro do Círculo Literário


O sonho da minha mãeda escritora canadense Alice Munro vencedora do Prémio Nobel de Literatura 2013  
e uma das mais importantes contistas da língua inglesa contemporânea foi o livro de contos escolhido para 
o encontro do Círculo Literário de hoje em Hösel.

“O que existe no choro de um bebé que o faz tão potente, capaz de destruir a ordem interna e externa de que tanto dependemos? É como um temporal — insistente, dramático, embora de certo modo puro e genuíno. 
É muito mais acusatório que suplicante: nasce de uma raiva que não pode ser controlada, uma raiva que vem como um direito de nascença despido de amor e pena, pronto a esmagar dentro do crânio o cérebro de quem o ouve.

No próximo encontro do Círculo Literário a 12 de Maio 2014, vamos falar sobre A Oeste Nada de Novo Im Westen nichts Neues um romance do escritor alemão Erich Maria Remarque (1898-1970), um veterano da Primeira Guerra Mundial.

Kommentare

  1. Uma boa contista, sim.
    Bom fim de semana desportivo!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. No meio intelectual alemão o Haruki Murakami era o favorito para o Prémio Nobel 2013, enquanto que eu fiquei radiante com a escolha de Alice Munro, não só por ela ser mulher, mas também pela sua excelente prosa.

      Löschen
  2. ~ Os dois parágrafos que citaste, "soam estranhos", fora do contexto.

    ~ O encontro de 13 de Maio, que focará a notável obra do Remarque, deve ser muito interessante, pois o autor escreveu sobre a horrível guerra das trincheiras, que vivenciou aos 18 anos.
    ~ Erich relata a guerra para provar que ela é inútil e apenas destrutiva. Os que escapavam, eram tão vítimas da guerra, como os que faleciam. ~

    ~ A Ocidente, os portugueses foram esmagados nas trincheiras da Flandres, durante a batalha La Lys. ~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. No mundo de Alice Munro não há sonhos, só há pesadelos!

      No conto “O sonho de minha mãe" uma família de mulheres recebe em casa a viúva do irmão (morto na guerra), que logo terá uma criança — a narradora da história, cujo choro é tão potente, capaz de destruir toda a espécie de ordem. Uma história terrível!

      Löschen
  3. ~ Acabei de ler a sinopse do livro da Alice.
    ~ Um bom tema para ser debatido num econtro literário. ~ xx ~

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Os debates são sempre disputados com grande paixão, só que desta vez estivemos todos de acordo com a qualidade literária do livro escolhido, que incluí quatro contos da Alice Munro e um epílogo da autora alemã Judith Hermann.

      Löschen
  4. Leipziger Buchmesse15. März 2014 um 19:40

    Der in Bosnien geborenen Saša Stanišic präsentiert in Leipzig seinen zweiten Roman "Vor dem Fest". Stanišic gilt als ein Shootingstar der deutschen Literaturszene. Mit seinem grandiosen autobiografisch geprägten Romandebüt "Wie der Soldat das Grammofon repariert" schaffte es der 36 Jahre alte Deutsch-Bosnier 2006 auf die Shortlist des Deutschen Buchpreises. Die Geschichte über ein Kind im Balkankrieg wurde mittlerweile in 30 Sprachen übersetzt. In seinem neuen Buch "Vor dem Fest" wechselt der Autor radikal die Perspektive. Der Roman zeigt den verschrobenen Mikrokosmos eines kleinen Dorfes in der Uckermark. Mit "Vor dem Fest" gehört Saša Stanišic jetzt zu den fünf Nominierten für den Preis der Leipziger Buchmesse. "Ein Roman als furioser Chorgesang in Prosa", befand die Jury.

    AntwortenLöschen
  5. Vim trazer um beijo, Teresa querida.
    A ver se é desta que regresso.:)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Estou radiante com o teu regresso, querida Nina!

      Se não nos encontrarmos aqui, encontramo-nos nos desafios do nosso amigo Rui.

      Löschen
  6. Da Alice Munro não li nada :(. Mas li, aqui há largos anos, e tenho-o comigo, "A Oeste nada de novo". Deve estar por aí numa das prateleiras da estante.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Era ainda menina e moça quando li "A Oeste nada de novo" em português, desta vez vou lê-lo em alemão.

      Löschen
  7. Ainda não li nada da escritora, mas conto ler lá mais para o verão.

    Quanto ao próximo livro que vão ler, já o li há muitos anos e gostei tanto que posteriormente li outro de Remarque, que salvo erro se intitulava "Tempo de viver e tempo de morrer". Não sei ao certo porque o emprestei... e nunca mais lhe vi a cor! :P

    Beijocas e boas leituras!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Li grande parte da obra de Erich Maria Remarque, sendo Tempo Para Viver Tempo Para Morrer um dos romances que mais gostei.

      Löschen
  8. Ainda não li nada desta escritora.
    Está em lista de espera.
    Boa semana!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Vale a pena ler os contos de Alice Munro, uma das maiores prosadoras canadenses.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen