Dança dos Fantasmas

 
Halloween não é uma festa tradicional das terras germânicas, mas nas últimas décadas tornou-se bastante popular devido à influência da cultura americana do pós-guerra.
Este ano não esculpi abóboras em forma de caretas e iluminadas por dentro. 
Assisti no Museu do Teatro à dança dos fantasmas ao toque dos ossos e ouvi histórias de terror.
Arrepiante! Arrepiante!

Kommentare

  1. Não aprecio este evento mas adoro bruxinhas e abóboras iluminadas!
    Também não é da nossa tradição, como sabes, mas a partir das aulas de inglês nas escolas rapidamente passou a ser explorada do ponto de vista comercial...é uma espécie de intervalo entre o Verão e o Natal! :)

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O meu marido chama-lhe "americanices", mas eu gosto!

      Löschen
  2. Antworten
    1. Adorei este Halloween Cartoon, Ricardo!
      Muitíssimo obrigada!

      Löschen
  3. Gosto do Halloween! : )
    Foram os imigrantes escoceses e irlandeses que trouxeram esta tradição para a América.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Também eu gosto, Catarina!

      O termo "Halloween" derivou da contracção do termo escocês "Allhallow-eve", véspera do Dia de Todos os Santos que era a Noite das Bruxas.

      Löschen
  4. De acordo com o marido - americanices
    BFDS!!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Já os Celtas festejavam o Halloween, acontecimento tradicional e cultural, que ocorre também no Canadá, na Irlanda e no Reino Unido.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen