Maria Lassnig

  
Na abertura da 55ª Bienal de Arte de Veneza, no dia 1 de Junho de 2013, a pintora austríaca Maria Lassnig, de 93 anos, foi homenageada pelo seu extenso trabalho de representação do corpo e também do indivíduo.
Desde cedo, Maria Lassnig desenvolveu autorretratos que exploram a dimensão psíquica e emocional.
 
 "Maria Lassnig investigou a representação do corpo e do indivíduo em uma série de pinturas que descrevem o artista muitas vezes em um estado de agitação, emoção e desespero. Com seus auto-retratos Lassnig compôs uma enciclopédia pessoal de auto-representação e — através do que ele chama de "pinturas corpo-consciência", ou as pinturas de "auto-percepção do corpo" — transformou a pintura em um instrumento de auto-análise e conhecimento de si mesmo.
Há 93 anos Lassnig representa um exemplo único de
teimosia e independência que merece ser comemorado
com o reconhecimento do Leão de Ouro Lifetime Achievement", escreveu o site da instituição.
 
Maria Lassnig já ocupou o pavilhão austríaco na Bienal de Veneza em 1980, participou de duas edições da Documenta, em Kassel, na Alemanha, e já teve individuais no Centre Georges Pompidou, em Paris, e na Serpentine Gallery, em Londres.

Kommentare

  1. Pois, poderá haver quem goste muito, mas a avaliar pela pintura que escolheste a mim não me seduz minimamente. Vale que há gostos para tudo... :)

    Não percebo como fazes, mas o poste que aqui aparece muitas vezes não corresponde ao que surge na minha atualização. O que aparecia parecia ter uma linda foto da cidade do Porto, que não cheguei a "cheirar"... :)))

    Beijocas!

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. É verdade, Teté, tencionava publicar umas fotografias do meu querido Porto, que não visito há quase dois anos, mas como o texto que escrevi era um tanto lamechas, desisti. Publiquei antes esta notícia da Bienal de Arte de Veneza, que não mexe com as minhas emoções.

      Löschen
  2. Mas é a minha, Pedro!

    A artista austríaca Maria Lassnig continua a trabalhar em Viena, onde reside, sendo aí que conheci a sua obra.
    Ela dedicou a carreira artística à tradição figurativa e à reflexão sobre o corpo, influenciada pelo Expressionismo, com uma visão muito feminina.

    AntwortenLöschen
  3. Desconhecia, mas parece-me muito interessante. Vou procurar conhecer um pouquito melhor a sua obra, fazendo umas pesquisas.
    Beijinhos =)

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Maria Lassnig é uma pintora de craveira internacional, Fátima, e vale a pena conhecer a sua obra sensível e criativa.

      Löschen

Kommentar veröffentlichen