Noite de Luar

Foi como se o céu
Beijasse a terra de mansinho,
Que ela no vislumbre das flores
Tivesse agora de sonhar com ele.

A aragem atravessava os campos,
As espigas ondulavam levemente,
Baixinho sussurravam as florestas,
Tão estrelada era a noite.

E a minha alma se estendeu
Ampliando as suas asas,
Voou sobre os campos silenciosos,
Como voasse para casa.

Kommentare

  1. Mondnacht

    Es war, als hätt der Himmel
    Die Erde still geküßt,
    Daß sie im Blütenschimmer
    Von ihm nun träumen müßt.

    Die Luft ging durch die Felder,
    Die Ähren wogten sacht,
    Es rauschten leis die Wälder,
    So sternklar war die Nacht.

    Und meine Seele spannte
    Weit ihre Flügel aus,
    Flog durch die stillen Lande,
    Als flöge sie nach Haus.

    AntwortenLöschen
  2. Sabes que não entendo nada de alemão...
    É da tua autoria o poema?
    Se é, escreveste-o primeiro em alemão, se não é traduziste-o do original!
    Mas que redundância! :-))
    Gostei!

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Joseph Freiherr von Eichendorff é considerado como um dos mais importantes escritores românticos alemães e suas obras desfrutam de grande popularidade na Alemanha.
      Como escrevi nas "labels" ele faria hoje 225 anos se fosse vivo.

      A minha tradução do seu poema mais conhecido MONDNACHT não é poética, mas à letra.
      As duas traduções que encontrei no Google era mais do que péssimas.

      Löschen
  3. Tão lindo! E olha que traduzir poesia não é nada fácil... Mas prefiro a versão portuguesa, after all...

    Gosto muito da poesia dos românticos.

    Beijinhos

    AntwortenLöschen
  4. As traduções do Google são sempre miseráveis! Obrigado por ter traduzido para nós. Infelizmente, aqui não há luar. Deve ser mais uma medida de austeridade :-)
    Uma boa semana para si

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen