Habemus Franziskus I

 
A fumaça branca expelida no início da noite desta quarta-feira (13/03) pela chaminé da Capela Sistina encerrou a espera dos 1,2 bilhão de católicos do mundo, inclusive a multidão que se aglomerava na Praça de São Pedro, apesar chuva, para conhecer o sucessor de Bento XVI.
 
O 266º pontífice da história é também o primeiro sul-americano: o argentino Jorge Mario Bergoglio, que adoptará o nome Francisco I.

Kommentare

  1. Não será antes um Bento XVII?
    Fico com essa sensação.

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. Curioso, Pedro, os alemães têm a mesma sensação.

      Na minha opinião, já é uma lança em África, o novo Papa ser um argentino, o primeiro sul-americano na história da Igreja Católica.

      Löschen
  2. A Companhia de Jesus (em latim: Societas Iesu, S. J.), cujos membros são conhecidos como jesuítas, é uma congregação religiosa fundada em 1534 por um grupo de estudantes da Universidade de Paris, liderados pelo basco Íñigo López de Loyola, conhecido posteriormente como Inácio de Loyola.
    A Congregação foi reconhecida por bula papal em 1540.
    É hoje conhecida principalmente pelo seu trabalho missionário e educacional.

    No dia 13 de Março de 2013, o Cardeal Argentino Jorge Mario Bergoglio, foi elevado em conclave no Vaticano, à Eminentíssimo, Arc-revendíssimo, Santo Padre da Igreja Católica Romana Papa Francisco I, o primeiro Jesuíta a ser celebrado Papa.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen