Kommentare

  1. É mesmo!
    Quando nos perguntam no que estamos a pensar e respondemos...em nada...significa que temos a cabeça cheia! :-))

    Abraço

    AntwortenLöschen
    Antworten
    1. O Carlos escreveu como comentário esta reflexão no Murmúrio de Samuel Beckett, Textos para Nada XII.

      Tocou-me tão profundamente, que não resisti em publicar aqui no dia de hoje, como homenagem ao autor e ao seu CRÓNICAS DO ROCHEDO.

      Löschen
    2. Ó Teresa! Agora quem ficou tocado fui eu!
      Ainda por cima em dia de aniversário, isto foi um belo presente.
      Só uma correcçãozinha: sou CBO, não sou COB :-)
      Beijinho desde este rochedo à beira mar e votos de bom fds

      Löschen
  2. Deixei hoje lá no blogue uma reflexão, profunda :)), acerca de como será se todos fôssemos alemães.
    Provocaçãozinha :)))
    Bfds!!

    AntwortenLöschen

  3. É o tal que é Tudo. Infinitamente finito... como tudo.

    Bom fim de semana! Beijo

    Laura

    AntwortenLöschen
  4. Tenho muitas saudades da nossa praia.

    AntwortenLöschen
  5. Muito lindo! E faz lembrar Pessoa, não sei porquê...

    Beijinhos e boa Páscoa.

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen