PROSAS BÁRBARAS

Andamos todos sofrendo. Passamos lentos, desconsolados, e alumiados pelo sol negro da melancolia. Nem largos risos, nem bênçãos fecundas. A esperança fugiu para além das estrelas, das nuvens e dos caminhos lácteos. Nos corações nascem amores imensos e loucos.

Eça de Queiroz

Kommentare

  1. Por isso os mortos são felizes porque andam longe da forma humana, onde há o mal, ....
    Bem-aventurados os que vão para debaixo do chão, porque vão para uma transfiguração sagrada.

    Chiça que este homem faz arrepiar !
    :(((

    Bjs :))))
    .

    AntwortenLöschen
  2. Eça, a actualidade do Eça fará com que nos encontremos amanhã...

    AntwortenLöschen
  3. Tenho sempre por perto uma colectânea quase desconhecida de artigos que ele publicou em jornais ("A Pátria dos Abusos").
    Não me canso de me espantar com a actualidade daquelas peças!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen