Primavera, mitos germânicos e tradições cristãs... e muitos ovos de Páscoa multicolores

A tradição cristã da Páscoa como a festa da ressurreição de Cristo, em que a morte não é o fim, mas sim o recomeço de uma nova vida, está ligada à mitologia germânica. Segundo Jacob Grimm, um dos famosos irmãos Grimm, o próprio termo alemão, Ostern, deriva de Ostara, a deusa germânica da primavera.
Grimm escreve no seu livro sobre a mitologia germânica: "A primeira das grandes festas germânicas da primavera, representando a vitória do sol aquecedor sobre as trevas e o frio do inverno, é Ostern, que foi equiparada à festa de ressurreição de Cristo pela Igreja na Idade Média"
O costume de se procurar os ovos de Páscoa no jardim também se baseia na crença dos germanos e de outros povos antigos de que o ovo é o símbolo da fertilidade e da nova vida em crescimento.
O coelho, símbolo de fertilidade na mitologia grega, é o animal sagrado atribuído tanto a Afrodite, a deusa do amor dos romanos, como a Ostara.
Cerca de 2 mil coelhos de Páscoa, livros, ovos decorados, cartões-postais, guardanapos, quadros e outros artigos relacionados à comemoração religiosa podem ser vistos no Osterhasen Museum de Munique, o primeiro Museu de Coelhos de Páscoa do mundo.

Kommentare

  1. Acabo de ver uma batalha de almofadas nas portas de Brandenburgo!
    Um final de Páscoa Feliz

    AntwortenLöschen
  2. Fiz um ronda pelos blogs que conheço a desejar Páscoa Feliz...pensei que tinha aqui estado, mas afinal não :(

    Ainda bem que festejas a segunda-feira de Páscoa...assim posso desejar-te, ainda, uma Páscoa Feliz :)

    Beijinho :)

    *os ovos são lindos :)

    AntwortenLöschen
  3. Eheheh, também vi a batalha de almofadas, com muitas penas no ar e tudo! Enfim, cada um diverte-se à sua maneira... :))

    Então continuação de bons festejos pascais! E do alegre e são convívio com a família, que sabe sempre bem! :)

    Beijocas!

    AntwortenLöschen
  4. Olá Teresa
    Volto só para lhe dizer duas coisas neste feriado alemão que PPC certamente não toleraria em Portugal:
    1- Temos cá um coelho muito bom para enriquecer o museu. Oferece-se!

    2- Respondi ao seu segundo comentário no On the rocks e tirei-lhe o meu chapéu porque quase acertou em cheio no seu vaticínio.
    Bom feriado!

    AntwortenLöschen

Kommentar veröffentlichen